Como Limpar Bloqueios Inconscientes

Nossos problemas são construções nossas mas como arquiteto é o nosso inconsciente não nos parece assim.

Nossos hábitos, sentimentos, impulsos, reações e realidade são uma programação do nosso inconsciente, mas nós fomos os programadores em algum ponto do tempo de cada um desses programas. Nossas percepções, julgamentos e emoções são os zeros e uns desse sistema. Nosso sistema operacional escuta e traduz em realidade continua tudo isso o tempo todo.

Mudar nossa realidade começa por mudar a nós mesmos, mas mudar nossos impulsos, formas de pensar e sentir, pontos de vistas fixos e hábitos não é fácil porque eles são enraizados em experiências do passado, geralmente na infância e ramificados conforme outras experiências se desenrolaram após a primeira. Eles vão se solidificando por assim dizer, por conta das vezes que repetimos determinado julgamento, emoção, experiência. A experiência é sempre uma evidência de que estamos certos naquele modo de operar/pensar. Mesmo quando o evento em si é desagradável. Para o subconsciente tem sempre algo pior a espreita do que aquilo que você está reclamando que está vivendo, e o seu “drama pessoal” é na verdade como ele está te protegendo disso.

Quantas vezes você quis acordar mais cedo pra fazer seu dia render mais, ou pra incluir uma nova atividade na sua rotina diária mas acabou acordando no horário de sempre e se sentindo um fracasso depois? Quantas vezes você olhou para aquele seu amigo que acorda seis horas da manhã pra correr antes do trabalho e pensou eu queria ser assim!? Ter essa motivação? A verdade é que você não é um fracasso, apenas tem uma programação diferente e se você quiser o bastante pode muda-la. Mas se não o fizer, (do jeito especifico que quer, como acordar 6 da manhã motivado) você pode certamente eliminar o padrão de se sentir fracassado por não fazer assim. pode mudar sua percepção sobre si mesmo, suas metas e como deve alcança-las. Se você não consegue acordar as 6h bem, durma até o hr que você pode com a gratidão de poder dormir até tal horário ao invés de se recriminar, encontre outros meios de incluir na sua rotina o que você quer. Mas dizer isso é fácil e lógico, agora determinar como se sentir não depende de dizer sinta-se grato.

É preciso encontrar meios de reescrever o programa que corre abaixo da superfície. E não existe um meio, mas existem vários. Umas ferramentas funcionam melhor para umas pessoas do que pra outras, ou funcionam em area da vida, melhor do que outras, e então você pode tentar e quando não funcionar para uma coisa, passar para outra e depois voltar para aquela coisa com outra ferramenta.

PREPARAÇÃO

Abaixo tem um processo inspirado pela Christie Sheldon que você pode experimentar, fica a seu critério fazer diretamente ou gravar com sua própria voz uma meditação guiada seguindo os passos, é um um processo de autoindução, relaxando seu corpo entrando em uma frequência cerebral e cardíaca capaz de facilitar o processo de acessar o subconsciente e trabalhar com ele.

Você também pode gravar a sessão e depois ouvir e tomar notas, como sendo o seu próprio terapeuta, porque você é. Frequentemente pessoas que praticam autoindução durante meditação não conseguem se lembrar de tudo que fizeram no final processo. Isso é bem comum, por isso você pode achar interessante gravar.

Escolha um lugar confortável, garanta que você tenha privacidade e tempo suficiente sem ser incomodado. Se escolher gravar anteriormente, prepare a gravação. Se escolher gravar a sessão prepare o gravador. Sinta-se livre para criar o ambiente que achar mais conveniente(música, aroma, luz).

PROCESSO DE ACESSO E REFRAME PASSO A PASSO

  • PASSO 1 – DEFINA UM PROBLEMA/BLOQUEIO/ tema para trabalhar.
    • Um sentimento, um bloqueio, algo que você não consegue ultrapassar, talvez algo que fique se repetindo na sua vida, um padrão.

O problema é algo consciente mas o que você precisa limpar está abaixo da superfície é o alicerce, a fundação que fica abaixo da terra sustentando a construção do seu problema.


  • PASSO 2 – AUTOINDUÇÃO & CONEXÃO
    • Entre em meditação e se conecte – Um estado de relaxamento físico e mental, um estado de conexão com a luz, com o universo em todas as direções.

Feche os olhos, relaxe e respire de vagar. Visualize energia vindo de cima (do universo/fonte) e de baixo (do centro da terra) e entrando no seu corpo. Preenchido de energia, visualize expandido essa luz de você para o mundo, comece aos poucos, expanda até o ambiente que está, até o bairro, cidade, estado, país, planeta… Assim você esta recebendo e enviando energia simultaneamente. Neste estado você esta pronto para o próximo passo acessar as informações pertinentes a solução do seu bloqueio.

Sendo possível grave sua sessão, você pode achar interessante o que é capaz de lembrar durante o processo e como isso está interconectado ao que você tem manifestado, ao que não consegue fazer ou parar de fazer. E essa conexão muitas vezes você só consegue fazer depois ao escutar o áudio, e então o processo começa a fazer mais sentido, e você se torna especialista de si mesmo, se tornando cada vez mais fácil encontrar a raiz dos seus padrões e bloqueios.


  • PASSO 4- FAÇA PERGUNTAS:

Pra esse processo você vai dizer a primeira coisa que vier a mente logo após a pergunta. NÃO É PARA TENTAR LEMBRAR NADA. Apenas trabalhe com o que vier naturalmente, com o que você sente e com o que você acha que parece ser a resposta.

  • EU ESTOU SENTINDO ISSO____ COM QUANTOS ANOS EU SENTI ISSO PELA PRIMEIRA VEZ? (leve o sentimento/frustação para esse centro e pergunte)
    • Você pode focar no tema e começar a fazer perguntas para se conectar com a emoção.
      • EX: Seu problema é querer/precisar perder peso, ou para de comer um certo tipo de alimento, mas não consegue.
    • Você poderia se perguntar: Qual idade eu senti/ entendi que eu precisava comer esse tanto? quando eu entende que era bom e seguro pra mim comer esse tanto ou esse tipo de comida? Quando eu entendi que era seguro pra mim estar sempre acima do peso? Quando eu entendi que isso me protegeria e me manteria seguro?
  • QUEM ESTAVA ENVOLVIDO?
    • DE QUEM EU ESTOU REPLICANDO ISSO ? De quem copiei/modelei isso? ou quem eu estou corrigindo com isso? Meu pai? minha mãe? meus avós? eu mesmo?
    • De modo geral na infância aprendemos observando e nos definimos como julgamos o que observamos. Então você pode estar modelando alguém ou fazendo o extremo oposto daquela pessoa, caso você tenha julgado ela errada, ou tenha sentido alguma dor a partir de um modo de ser dela.
  • QUAIS SENTIMENTOS e/ou JULGAMENTOS ESTÃO LINKADOS A ISTO?
    • Neste momento pode ser que você tenha se lembrado de um determinado evento do passado, assim observe todos os sentimentos do seu eu de X anos (a idade que veio na pergunta 1) mesmo que isso não tenha acontecido e você não lembre de um evento especifico apenas se concentre em você com aquela idade, (imagine, ok eu tenho 8 anos como eu me sinto sobre isso)
    • Pode ser medo, carência, vazio etc…apenas reconheça esse pacote de informações psicoemocionais porque podem ser várias emoções.
  • ONDE ESSA ENERGIA ESTÁ CONDENSADA NO MEU CORPO E/OU EM TORNO?
    • Sinta ou visualize onde isso parece que está, em qual parte do seu corpo?
    • APENAS DIGA O QUE VOCÊ ACHA. A PRIMEIRA COISA QUE VIER NA SUA MENTE, e trabalhe com isso como sendo verdadeiro. Quanto mais vezes fizer esse processo, mais confiança em sua capacidade de ver/sentir/reconhecer você desenvolve e fica mais fácil.

  • PASSO 5LIMPEZA
    • VISUALIZE A LUZ ENTRANDO NESSA PARTE DO CORPO E DESINTEGRANDO AQUELE BLOCO.
    • Diga eu limpo e transmuto através de todos os tempos, dimensões, espaço e realidade.
    • Se você tem outros comandos de limpeza que já utiliza pode tentar com eles também, como o do Access Consciousness.

  • PASSO 6 – SE ABRINDO PARA RECEBER NOVAS POSSIBILIDADES E PARA NOVAS FORMAS DE SER
    • SE ABRA PARA A MUDANÇA DE PADRÃO COM NOVAS PERGUNTAS
    • O QUE ME LEVARIA A …

Exemplo: O que me levaria a pesar… ? O que me levaria a comer apenas o suficiente? O que me levaria a gostar de alimentos saudáveis? O que me levaria a ser mais saudável? A me sentir seguro e a salvo comendo apenas essa quantidade que meu médico definiu? A me sentir protegido e seguro fazendo isso(…) que eu preciso fazer?

O que me levaria a praticar esse exercício até eu ficar tão bom nele que eu faria em qualquer lugar, sobre qualquer circunstância, sempre que eu precisar? O que me levaria a encontrar a ferramenta/técnica mais adequada pra acessar o potencial da minha mente? mudar o como sinto sobre? Enfim…


Para aqueles que escolheram gravar a sessão, o último passo é escutá-la, anotar os pontos chaves e ver como eles se relacionam com os bloqueios no presente que escolheu tratar. Isso vai ajudar a treinar o seu ouvido e a sua mente para perceber essas conexões intuitivamente. Quando você tiver um novo problema e já estiver treinado nessa leitura as chances são de você já começar a perceber o que está abaixo da superfície, com você e com os outros. E compreendendo isso se torna mais fácil prestar atenção nas informações que você está oferecendo dia a dia ao seu sistema. Uma vez que se entende como isso vai ser registrado é mais fácil alterar a percepção imediatamente no presente para não programar mais do que não deseja. Agora isso não é obrigatório, você pode tranquilamente fazer a limpeza sem analisar a causa raiz. Mas alguma pessoas gostam de compreender como essa manifestação se dá.

Tente e nos conte qual foi a sua experiência!


Substituir crenças limitantes

Muitos de vocês, no desejo de retomar o controle ou manter-se seguro depois que uma situação o feriu, fizeram votos de que nunca mais farão algo. Pode ser: “Eu nunca vou amar de novo” ou “Eu nunca vou confiar novamente” ou “Eu nunca vou deixar ninguém chegar perto demais” ou qualquer outra declaração de negação.

Desejamos que você examine qualquer uma delas que você ainda esteja carregando. Você terá um reconhecimento, um saber ou talvez tenha uma superfície de memória de um tempo em que você foi ferido. Uma vez que você está ciente do que você pode estar carregando, sugerimos que você pergunte: “Isso realmente reflete minha sabedoria atual?” “Isso apoia ou dificulta minha expansão?” “Isso combina com quem eu sou hoje?” Me move para o que eu realmente quero ou me mantém presa na velha energia?

Você cura velhas crenças limitantes com novas declarações de si mesmo. Você pode querer substituir “nunca mais confiarei” com “confio com sabedoria e discernimento”. Você pode mudar “Eu nunca vou amar de novo” com “É seguro para mim amar e ser amado, de fato, é o que estou aqui para fazer”. Você pode mudar “Eu nunca vou deixar ninguém chegar perto demais” com “Conexão agora me apóia de todas as maneiras e se sente maravilhosa”.

Tais votos e declarações separadores foram criados pelas reações instintivas do seu eu ferido. Esta parte de você está qualificada para dirigir toda a sua encarnação? Você está pronto para ser o líder sábio, curado e benevolente de sua vida, queridos. Não é hora de assumir esse papel?

Arcanjo Gabriel através de  Shelley young

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas.

Tradução @Interconexão

À medida que eu me desperto, desperto você. Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

O Kali Maluhia no me oe.

Início | Ferramentas Quânticas/Produtos |Reiki Gratuito | Atendimento e Alinhamento Energético|Curso Constelação Quântica |Mapa Numerológico Cabalístico


Crenças Limitantes e Vergonha

Recentemente falei sobre crenças, como elas são tão importantes na criação da nossa realidade, porque a nossa realidade é criada pelo nosso sistema de crenças. Mais importante que pensamentos, palavras ou ações, as crenças geram a frequência energética e a vibração que usamos para criar nossa realidade. Quando essas crenças são fundamentadas em experiências de julgamento, crítica, desrespeito e abuso dos outros, acreditamos que é nossa culpa, nos envergonhamos e depois usamos essa energia para criar uma realidade baseada na vergonha.

Como nosso sistema de crenças é uma combinação do que experimentamos em vidas passadas e em nossas experiências nesta vida, temos muito material energético para trabalhar. A menos que estejamos muito conscientes do que são nossas crenças, elas estão continuamente criando uma realidade para nós com as quais talvez não estejamos muito felizes. Isso é especialmente verdade quando nossas crenças são baseadas na vergonha, no passado ou no presente, seja de nós sermos envergonhados pelos outros, ou de nos envergonharmos.

Quando lidamos com pessoas que nunca estão satisfeitas com o que fazemos, nos dizem que nunca somos bons o suficiente, estão sempre nos criticando, ou nunca conseguimos a aprovação deles, acreditamos que é nossa culpa. Então nos envergonhamos, acreditando que não éramos bons, inteligentes ou talentosos o suficiente para obter aprovação, respeito, louvor e amor. Mesmo que isso não seja verdade, acreditamos que seja. Então, passamos a vida nos envergonhando por nunca estarmos certos, bons ou perfeitos. E nossa vida reflete essa vergonha.

Embora as crenças sejam baseadas na experiência real, nenhuma crença é permanente, a menos que nos recusemos a mudá-la, mesmo aquelas baseadas em nossas experiências mais traumáticas. Uma crença é verdadeira enquanto concordamos com ela e permitimos que seja verdadeira. Uma vez que decidimos usar uma nova verdade como nossa base de crença, novos potenciais podem se desdobrar porque mudamos nossa base energética.

Você tem alguma crença baseada na vergonha?

Como elas limitam sua vida?

O que é possível se você não usa mais a energia de suas crenças baseadas na vergonha para criar sua realidade?

Como é a sua realidade sem vergonha?

As crenças são a fonte de seus pensamentos, palavras e ações. Eles são a energia da qual nos manifestamos, portanto, se a energia deles é de tristeza, falta de poder, trauma e vergonha, não podemos manifestar realidades maravilhosas, alegres e satisfatórias que gostaríamos que tivéssemos. Gaste menos tempo se preocupando com o propósito de sua vida, fazendo as coisas certas, sendo perfeito ou sendo “bom o suficiente”. Vá direto para suas crenças quando você quer criar mudanças e quando você transforma suas crenças baseadas em vergonha em seus aspectos mais fortes, de alta frequência e alta vibração, você pode criar a realidade alegre e cheia de alegria que você gosta.

Jennifer Hoffman

Existem outros artigos relevantes para esse assunto:

Cinesiologia: 5 Técnicas de Auto teste Muscular para descobrir Crenças Limitantes

Foto por Juan Pablo Serrano Arenas em Pexels.com

O teste muscular tem o potencial de aumentar rapidamente a capacidade de “conhecer a si mesmo”. O teste pode fornecer informações que você não tem no nível consciente, mas mantenha a mente aberta, podemos nos enganar e bloquear informações conscientemente indesejadas.

Os pré-requisitos e a Precisão do auto teste muscular

  • Em alguns sistemas de cura, o músculo fraco é lido como um “sim” e a resposta forte como um “não”. Tudo bem, porque o corpo está de acordo com a convenção da mente. O corpo é um instrumento de comunicação e, desde que a definição do que é (configurações padrão) esteja clara em sua mente, as respostas obtidas serão consistentes.
  • Fazer o auto teste muscular sem apego ao resultado e desejando apenas a verdade. Se você não pode ser objetivo em aceitar qualquer resposta que receba, isso interferirá na precisão. Este pode ser o maior bloco para a precisão, uma vez que a técnica seja dominada. Se você está investido em obter uma resposta e ficaria desapontado se obtivesse a outra, você não está sendo objetivo e não está desejando apenas a verdade.
  • Ser específico também é importante para a precisão. Se você está testando algo que não está fisicamente disponível para tocar, como uma emoção, crenças etc, você precisa focar claramente o item em sua mente e então fazer o teste.
  • Para iniciantes a precisão é maior quando você segura um item físico perto de você enquanto faz o teste . Nesse caso, fica muito claro para sua mente o que você está testando e o resultado será forte ou fraco.
  • Presença. Faça o teste quando estiver descansado, hidratado e capaz de focar no presente.
  • Certifique-se de que a quantidade de pressão que mantém é igual à da que pressiona contra .
  • Pratique o “teste” antes de usá-lo para obter respostas para suas questões. Treine o processo e a sensibilidade para dominar a ferramenta.

Ao começar procure testar algo que você já conhece a resposta, se você tem alergia a algo use isso, ou simplesmente pegue um alimento que você despreza, pois este é mais um exercício de reconhecimento para você tomar consciência do seu corpo e sua linguagem. Sua mente precisa ser capaz de focalizar e sintonizar a sensação física associada à mudança na energia do sinal muscular forte/fraco. Isso requer que sua mente esteja em um estado de atenção total ao que está fazendo sem se distrair com outros pensamentos ou sentimentos (atenção plena). Então aplique qualquer uma das técnicas abaixo com isso, quando o exercício ocupar as duas mãos sente-se e coloque o alimento no seu colo. Veja qual a diferença entre a presença e a ausência dele. Quando esse senso estiver claro você pode começar a realmente testar as coisas e fazer perguntas.

Abaixo estão 5 maneira de usar a cinesiologia para se conhecer melhor e descobrir suas crenças limitantes .

1. Dedo sobre o dedo : Coloque o dedo médio sobre o dedo indicador. Você pode mudar os dedos se isso for mais confortável para você. O dedo na parte de cima estará empurrando para baixo e o dedo na parte de baixo estará resistindo ao empurrão.

Ser capaz de trazer o dedo inferior para baixo indica que um sinal muscular “fraco” se correlaciona com um “não”. Resistir ao toque do dedo superior indica um sinal muscular “forte” e indica um “sim”

Isso é semelhante a alguém que empurra seu braço para baixo, exceto que você consegue fazer tanto o empurrão quanto a resistência. Sinta quando e como o dedo inferior fica fraco.

Se o dedo inferior não ficar fraco, talvez seja necessário treiná-lo para ficar fraco. Conscientemente, permita que o dedo inferior seja destravado para que ele possa dobrar quando o estímulo for introduzido. Isso é apenas temporário. Quando a sua mente sentir a fraqueza, ela fará isso automaticamente.

Tente praticar com as palavras “sim” ou “não”. Um deve ir fraco e o outro forte. Sinta a diferença no seu dedo inferior quando disser cada palavra ao pressionar com o dedo superior. Com a prática, o dedo de cima não precisará exercer muita força para fazer com que o dedo de baixo caia e você não precisará se concentrar em como os dedos se sentem; isso ficará óbvio quando o dedo de baixo descer.

2. Técnica anelar ou “O” com o dedo : Junte as pontas do mindinho e do polegar de uma mão, ou do indicador e do polegar formando um “O”. Usando o dedo indicador da outra mão, insira-o no “O” e tente separá-lo onde o mindinho e o polegar se encontram. Ao mesmo tempo, resista à tração com os dedos que estão fazendo o “O”.

Se o dedo indicador abrir o “O”, isso é um sinal fraco ou um “não”. Se o “O” permanece fechado, isso é um sinal forte ou “sim”.

3. Dois anéis – Nesta técnica você toca as pontas do indicador e do polegar formando um “O” nas duas mãos unindo-as em um 8 ou infinito. Em seguida tente separá-las onde se encontram ao testar. Se separarem é uma resposta é se resistirem é outra.

4. Olhos fechados (em pé) – Fique perto de algo que você pode segurar no caso de você perder o equilíbrio. Fique de olhos fechados e sinta o seu equilíbrio.

Tente novamente com os olhos fechados enquanto segura algo perto do peito. Sinta a atração ou repulsa que o objeto tem em seu corpo. Muito parecido com um ímã em outro ímã.

Este puxão ou empurrão que você sente também pode servir como um indicador . Ser puxado para frente pode significar uma coisa e ser empurrado para trás pode significar o outra. Tente dizer ou pensar “sim” (concentre-se no significado que você diz) e sinta em qual direção o corpo se move, para trás ou para frente. Então tente com “não”.

5. Braço a frente – Você pode usar o teste do seu braço não dominante usando sua mão dominante para forçar . Mantenha o braço esquerdo dobrado à sua frente, paralelo ao peito. Coloque a mão direita no interior do antebraço, à esquerda do pulso e tente manter a posição do seu braço esquerdo enquanto pensa em um alimento/Afirmação etc, e pressione com a mão direita.

Se você puder manter a posição do seu braço esquerdo, então a resposta é “sim”. Se você não consegue manter a posição do seu braço esquerdo, a resposta é “não” ou vice-versa dependendo do que você estabeleceu como sim e não .

Testando “Sim” e “Não”

Depois de se sentir confiante em testar itens individuais, você pode começar a jogar com perguntas “sim” ou “não”. Aqui, é mais trabalhoso assegurar precisão porque as questões precisam ser claras e específicas, de modo que a questão só possa ser interpretada de uma maneira e receber apenas uma resposta de “sim” ou “não”.

Ao explorar nosso sistema de crenças, podemos perguntar ou afirmar:

“Acredito que dinheiro vem fácil?”

“Eu mereço ser feliz.”

“Eu me sinto confortável com ter muito dinheiro.”

“Eu quero um compromisso.”

Esta informação/verdade é composta de pensamentos, crenças e valores que adquirimos de pais, escola, cultura, religião, experiências às vezes nossas às vezes observadas,presenciadas, etc.

Você pode ficar surpreso ao descobrir que enquanto conscientemente você deseja algo seu inconsciente luta fervorosamente contra.

Por exemplo, você pode buscar um compromisso dentro de um relacionamento, mas no inconsciente você não quer se comprometer, não se sente confortável com a ideia de um compromisso, não está completamente aberto ou disposto a se entregar ou a se comprometer, não quer deixar de ser livre, não acredita no sucesso de relacionamentos ou que são saudáveis. Tudo depende de como você interiorizou o que viu, ouviu, sentiu, julgou, percebeu desde o início.

Qualquer crença relacionada ao seu desejo que foi armazenada como verdade e automatizada no seu sistema vai interferir. Porque você não pode manifestar conscientemente o tempo todo, (ou você só faria isso e não experimentaria ) Sua inteligência inata cria essas automatizações da mesma forma como faz com o corpo físico, e você não precisa controlar seus batimentos ou respirar conscientemente o tempo todo. Então sua mente inconsciente manifesta sua realidade o tempo todo através destes dados, enquanto sua mente consciente manifesta uma coisa aqui outra ali, enquanto você pode experienciar a realidade, mas é tudo você. E se você deseja manifestar algo conscientemente precisa criar congruência entre essas duas facetas da sua mente.

O teste muscular é uma boa maneira de descobrir quais crenças e percepções ocultas estamos mantendo e que podem entrar em conflito com o que conscientemente queremos acreditar e atrair para nossa vida. Esta informação subconsciente precisa ser reconhecida para que possamos usar as técnicas que escolhemos para reescrevê-las.

Nossa mente subconsciente tem muitas crenças que não nos servem mais e que muitas vezes contradizem nossa verdadeira natureza ilimitada. O primeiro passo para mudar essas crenças é encontrá-las .


Lembre-se não existe verdade absoluta, nem técnica com 100% de efetividade, essa é portanto uma abordagem, uma ferramenta que pode ou não ser aquela que te vai te ser útil. Ou ainda a depender da área que você aplique, as vezes funciona em uma e não da frutos na outra, e assim você continua aprendendo novas ferramentas e explorando novas percepções. Ferramenta inútil mesmo é aquela que você não usa.

Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

G @Interconexão

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas !


Existem outros artigos relevantes para esse assunto:

  • A misteriosa Inata – inteligência celular
  • CINESIOLOGIA : Teste muscular e Autoconhecimento
  • EFT – Psicologia Energética e liberdade emocional
  • Fale a língua que o seu corpo entende – Córtices
  • O que é Constelação Familiar?

O Efeito da Crença: Como a mente consegue ser mais forte que a programação genética?

Eu ouvi sobre o efeito placebo conforme crescia, e mesmo criança sempre ficava intrigada como aquelas pessoas tinham os mesmos resultados daquelas que estavam realmente tomando a “droga” só por que acreditavam que estavam. Ouvi também sobre hipnose, mas a via na TV como uma forma de entretenimento, nunca tive certeza se era verdade ou apenas ilusão como o resto do show. Foi mais tarde que eu soube que a hipnose era usada como uma forma real de terapia em consultórios espalhados pelo mundo.

Nunca havia me perguntado o que era feito antigamente quando era preciso tratar alguém com um ferimento grave sem a existência da anestesia. Chega a ser engraçado como algo com raízes tão antigas se torna tão desacreditado. Uma ferramenta tão capaz se torna inutilizada ou desprezada por razão de críticas de uma indústria que nos educou para acreditar que os remédios são a nossa única ou melhor solução.

No livro A biologia da crença, o autor Bruce Lipton descreve resumidamente uma história um tanto intrigante sobre um médico inglês chamado Albert Mason que curou por meio da hipnose, um caso incurável.

Mason era anestesista e já havia usado a hipnose em cerca de 20 partos sem anestesia com sucesso, entre outros tratamentos. Um dia ele estava prestes a dar um anestésico a um menino de 15 anos e teve dificuldade em achar um lugar para colocar a agulha, pois o braço do menino estava coberto de verrugas pretas. Então após anestesiá-lo, e conduzi-lo ao cirurgião plástico Dr. Moore, ele disse: “Por que você não trata este caso com hipnose?” E ele olhou para Mason e disse: “Bem, por que você não o faz?”

O cirurgião ia enxertar a pele do peito saudável para as mãos, mas como já havia tentado uma vez e falhado, ao ver que a primeira tentativa só havia piorado o aspecto da pele decidiu não fazer mais nenhuma cirurgia no paciente.

Mason decidiu tratar o rapaz e o hipnotizou dizendo que as verrugas cairiam de seu braço direito, deixando a pele suave e normal. Mandou-o embora e pediu-lhe para voltar em uma semana.

Quando o adolescente retornou seu braço estava limpo. Mason satisfeito, o levou ao cirurgião para mostrar que as verrugas haviam sumido através da hipnose como havia sugerido. Grande foi a sua surpresa ao ouvir que não eram verrugas, mas eritrodermia ictiosi forme congênita de Brocq. Uma doença genética incurável.

O paciente teve tratado o restante do corpo com um sucesso de 70%, o caso foi documentado e publicado no British Medical Journal em 1952 tornando Mason mundialmente famoso, e sua sala de espera lotada de pacientes de ictiose que ninguém conseguia curar.

No entanto, Mason tentou o mesmo método em diversos pacientes, sem jamais conseguir obter o mesmo resultado. Concluiu por fim que o problema estava nele mesmo e em suas crenças sobre o tratamento. Agora ele sabia que estava tratando casos genéticos e incuráveis, não apenas verrugas.

“Eu agora sabia que era incurável. De antemão, pensei que fossem verrugas. Eu tinha a convicção de que posso curar verrugas. Depois daquele primeiro caso eu estava atuando. Eu sabia que não tinha o direito de ficar bem ”.

Mais tarde comparou o acontecimento e a hipnose a um folie à deux, um estado em que uma pessoa pode transmitir a outra uma fantasia, um estado delirante, e eles captam, por assim dizer.

Como a mente consegue ser mais forte que a programação genética? Como a crença de Mason pôde afetar o resultado do tratamento?

A mente do paciente curou seu próprio corpo através da hipnose, internalizando as palavras que ouvia, mas a mente do médico afetou determinantemente esse resultado.

Quando Mason deixou de acreditar que podia curar os outros pacientes por que sabia da gravidade e “incurabilidade” da doença, o tratamento parou de ter resultados. A hipnose deixou de ser eficiente por que o hipnotizador não tinha fé o bastante na cura ou em si mesmo. A crença havia sido afetada . Isso quer dizer que a ferramenta depende da convicção do operador, que ela afeta seu trabalho e resultados. Mas também afeta a mente alheia. Pois existe uma co-dependência dos resultados, uma consciência compartilhada.

Quando os dois campos magnéticos se relacionam para um objetivo, ambos precisam acreditar para atingir a meta. De alguma forma essa combinação de duas pessoas querendo produzir algo poderia realmente mudar as coisas físicas.

É meu entendimento que esses campos conversam entre si através de um processo inconsciente trocando informações. Então eu me pergunto o quanto afetamos uns aos outros dessa maneira ?

Se um médico senta com um paciente e lhe diz que vai cura-lo, mas não acredita nisso. Se sua autoestima está abalada e não se sente capaz. Se ele oferece tratamentos em que não acredita. Quanto isso afeta o resultado do paciente?

Quando alguém mente, quanto de nós sabe a verdade?

Quando os pais educam seus filhos eles literalmente estarão passando suas crenças para eles, e os moldando através delas não apenas através do que eles fazem ou dizem mas de como se sentem em relação aos seus filhos do que acreditam que eles podem ou não ser. Assim como seus medos de quem eles possam se tornar ou fazer.

Quando crianças e adolescentes se tornam revoltados o que eles estão espelhando ? É o medo dos pais de que eles fossem exatamente o que julgavam nos filhos dos outros ? Ou é uma revolta interior de um ser que não quer assumir essas crenças ou expectativas que estão sendo derramadas sobre eles inconscientemente?

Nossas crenças particulares influenciam nossa saúde, nossa biologia, nosso desempenho e de alguma forma forma a resposta das pessoas ao nosso redor. Temos que ser positivamente muito mais fortes em nossas mentes para não sermos afetados pelas crenças alheias.

Gabby @Interconexão

_________________________________________________________________________________________

Roteiro de EFT Para Aceitar As Mudanças

Basta ir fazendo tapping nos pontos enquanto lê o roteiro abaixo em voz alta.

Mesmo que EU diga que EU quero que as coisas mudem, EU me vejo relutante em me soltar de antigos hábitos, emoções, pessoas, lugares ,pensamentos e padrões.

Eu digo que quero mudança , mas me sinto inseguro e receoso.

Por mais desafiador, perturbador ou decepcionante que possa ter sido,o que quer que fosse que aconteceu comigo ,era conhecido e por isso “confortável “.

E é difícil e assustador para mim a ideia de me soltar do familiar. De saltar do conhecido para o desconhecido.

Soltar o conforto da familiaridade para um salto para o indefinido, inexplorado, invisível.

A instabilidade da mudança me assusta e às vezes me paralisa.

Mas uma parte de mim percebe que as coisas já mudaram. EU não sou quem eu era antes, nem as coisas e pessoas ao meu redor são exatamente o mesmo.

Transitoriedade e transformação ocorrem quer flua ou não…

Está nas nossas mãos adaptar-se e acelerar-se ou argumentar, lamentar, lutar, resistir e recusar insistindo em fazer as mesmas coisas , reagindo da mesma maneira.

E EU estou disposto a fazer progressos. Em ser um pouco menos rígido, um pouco menos inseguro. Um pouco menos resistente.

Eu estou disposto a ser um pouco menos medroso, um pouco mais seguro para aprender de novo, experimentar de novo. Para fazer o que EU nunca fiz antes. Para ser ainda mais do que imaginei que poderia ser .

Um passo de cada vez, é tudo o que é preciso para descobrir novos caminhos e possibilidades .

EU escolho dar esse passo. Eu escolho dar um passo no desconhecido e me sentir a salvo e até entusiasmado.

Eu agradeço e agradeço o que foi e como isso me serviu e mesmo assim eu saúdo o novo agora.

EU libero toda resistência ao novo e EU me rendo ao desconhecido.

EU me rendo ao desconhecido.

EU me rendo ao desconhecido. E EU me sinto seguro ao fazer isso.

Libero todos os meus métodos conscientes e inconscientes de apego, de provar ou refutar minhas crenças arraigadas até agora .

E se o futuro não se parece com o passado? Não é hora de começar de novo?

Com uma mente de principiante, vejo claramente de novo. Com o coração e entusiasmo de criança eu me abro ao descobrimento. Sem o peso de quaisquer percepções históricas, eu não estou mais preso pelo que foi, eu não estou mais restrito ou contido …

A Alegria, tranquilidade e paz desperta em mim. Quem eu escolho ser agora?

Que novas aventuras começarão hoje? Que surpresas me aguardam ?

Vida como você pode me surpreender hoje?

EU decido saudar a chegada do novo e desconhecido com um sorriso relaxado no rosto e com o coração tranquilo . Eu me permito ser surpreendido com novas possibilidades.

Pois agora eu me lembro De quem EU realmente SOU.

Vida me surpreenda!

Através da mais radical mudança EU me reescrevo. EU me permito fluir.

Eu me permito ser surpreendida.

Vida, Universo, que presentes existem para mim no desconhecido?

Que presentes vocês querem me entregar hoje?

Me surpreenda.

@Interconexão

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas.  



Indo Além…

EFT FUNDAMENTAL

EFT é uma técnica simples e muito poderosa, que quando apresentada adequadamente, liberta a nossa mente de preocupações e de conclusões limitantes, liberta as nossas emoções de ansiedades, medos e traumas e liberta o corpo da somatização desses conteúdos. Pouco a pouco, a aplicação da técnica vai nos revelando a pessoa incrível e com capacidades únicas que cada um de nós é.

Curso Optimal EFT

Este curso visa ensinar o Optimal EFT, a mais recente evolução do EFT, onde o Terapeuta Interior toma o lugar do Tapping ou se soma a ele. Para os aprovados será oferecido o Certificado de Praticante do Optimal EFT. Ele não pressupõe que se tenha feito os outros cursos.

Um Curso para Curar a Sua Vida

Veja a Aula 1 Gratuitamente para saber do que se trata o Máximo Potencial e constatar que a EFT – Técnica de Libertação Emocional ou Acupuntura Emocional Sem Agulhas é realmente uma ferramenta Valiosa para superarmos nossas limitações e atingirmos nossos objetivos e auto realização.

Tapping Temporal

O método de batida temporal vem dos antigos métodos de acupressão chineses e japoneses. É como EFT , mas é especialmente usado para mudanças comportamentais rápidas. É mais simples e mais curto, mesmo comparando com a receita curta de técnicas de liberdade emocional.

Os pontos de batida ficam em um semicírculo. O “Lobo Temporal” do nosso cérebro está na mesma área. O nome do método “Tapping Temporal” vem do nome desta região. Também são membros do Meridiano Triplo Aquecedor.

Podemos usar apenas os pontos de 21 a 18 que estão exatamente no semicírculo ou usar todos os pontos a partir do último ponto 23, até o ponto 17.

Cada batida é feita com firmeza, e rapidamente mas sem causar nenhum dano. Completar um ciclo completo requer cerca de 8 ou 10 toques e dura cerca de 2-3 segundos.

Ao tocar, você pode usar de um a quatro dedos como quiser.

No método, também precisamos de duas frases de configuração. Um para negativo e outro para positivo.

Primeiro, tocamos no lado esquerdo e dizemos a sentença de configuração negativa, depois tocamos no lado direito e repetimos a sentença positiva. Para cada lado repetimos as frases de 3 a 5 vezes.

Estas batidinhas ao redor do osso temporal fazem com que o cérebro torne-se mais receptivo a novos aprendizados enquanto suspende temporariamente a entrada de informações sensoriais.

Elas também sedam o meridiano Triplo Aquecedor ao bater sobre ele, fazendo o caminho inverso do seu fluxo natural, e é este meridiano que governa os nossos hábitos. Sedando, parte do sistema nervoso que se esforça para manter nossos hábitos, podemos instalar um novo hábito com maior facilidade .

Enquanto estamos tocando na região temporal esquerda, estimulamos o hemisfério esquerdo do nosso cérebro. Esse lado do cérebro se comporta logicamente sendo mais crítico e cético . Nossos filtros lógicos são controlados pelo lado esquerdo do nosso cérebro. Quando repetimos uma declaração negativa seja de que estamos realmente aceitando algo ou uma afirmação construída com uma linguagem negativa , não haverá objeção a ela. Está mais de acordo com a forma que ele funciona . Isso ora diminuirá o efeito negativo da mensagem ora sustentará a nova crença .

Em seguida, repetimos a mesma sentença de forma positiva e tocamos na região temporal direita. Isso estimulará nosso hemisfério direito que é mais receptivo a uma entrada de informações favorável, afirmações com uma linguagem positiva São e aceitas melhor . Ao repetir o mesmo procedimento, o efeito positivo geral da mensagem se tornará mais eficaz, resultando em uma mudança comportamental.

Essa técnica é especialmente útil se quisermos mudar nossas crenças negativas.

Se queremos ter um novo hábito, basta tocar no lado direito e repetir a sentença positiva.

Nesse caso, não há nada a mudar usando a área temporal esquerda.

O detalhe mais crítico é não esquecer de dizer frases negativas enquanto toca no lado esquerdo, e dizer frases positivas enquanto toca no lado direito embora canhotos possam funcionar de maneira oposta.

Exemplo .

• Orelha esquerda: não tenho dinheiro suficiente (repete de 3 a 5 vezes).

• Orelha direita: tenho dinheiro mais que suficiente (repete de 3 a 5 vezes).

Neste exercício você usa a crença negativa como no Eft na intenção de aceitá-la e limpar.

Outra opção se você já trabalhou na crença com a receita básica de Tapping é usar a área da têmpora na solução.

• Orelha esquerda: eu não acredito mais que ser rico não é pra mim (repete 3-5 vezes).

• Orelha direita: Ser rico é o meu direito de nascimento (repetir de 3 a 5 vezes).

• Orelha esquerda: ganhar dinheiro não é mais difícil para mim (repete de 3 a 5 vezes).

• Orelha direita: ganhar dinheiro é muito fácil para mim (repetir 3-5 vezes).

Use o método que é melhor para você.

Primeiro, construa suas frases positivas. Então faça os negativos.

Os efeitos do tapping na Zona Temporal duram aproximadamente trinta minutos, espere 1 hora antes de repetir o processo com a mesma afirmação.

Repetir várias vezes por dia o procedimento acelera a instalação de um novo comportamento ou novas crenças. Quanto mais você *bater* uma afirmação, mais rápido e mais forte será o efeito e mais fácil será mudar .

Então, em vez de levar anos para que uma afirmação se estabeleça,  deve levar apenas dias para que os resultados comecem a surgir em sua vida quando você está usando sua afirmação com o Tapping Temporal.

Contanto que suas emoções e energias estejam alinhadas com sua afirmação.

Por exemplo, se você quer mais dinheiro ou aumentar suas vendas e faz o Tapping Temporal para “ eu atraio mais facilmente clientes e fecho vendas com mais rapidez porque estou fazendo um trabalho incrível ” por alguns dias e você é demitido ou não fecha nenhuma venda ! Você sabe que suas energias e emoções não são congruentes com sua afirmação.

Quando você está fazendo está sentindo o oposto e sua emoção é o sinal que você emite para atrair o que você deseja.

Se você não estiver vendo nenhum aumento ou nenhum sinal é hora de considerar que você precisa cavar um pouco mais fundo em sua própria mente e descobrir o que realmente está prendendo você.

Neste vídeo Larry Nims gerencia o comportamento muscular de Gary Craig apenas pelo pensamento. Este padrão de influência é bastante semelhante ao do método “EFT substituto”. É digno de nota que os efeitos que criamos em nossos próprios corpos, ou os pensamentos que concentramos mentalmente, são espelhados em outro corpo sem contato físico entre eles.

Em caso de resistências faça a receita básica de Tapping antes.

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas.  

À medida que eu me desperto, desperto você. Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

Espavo ! O Kali Maluhia no me oe.

Gabby Akua


Existem outros artigos relevantes para esse assunto:

. Aprenda sobre o teste muscular uma forma de testar suas crenças .

MEDO

O medo ocupa espaço em você.O medo de se arriscar age como defesa de algo que você considera perigoso. Quando você teme aquilo que quer realizar, estará caminhando para o fracasso. Algumas pessoas acreditam que só se tiverem medo e tomarem todas as precauções possíveis, tudo vai dar certo em suas vidas. Esse é o tipo de condicionamento que pode levá-las ao sucesso, mas só se elas realmente tomarem todo o cuidado que acreditam ser necessário.Outras pessoas crêem que as coisas correm bem por causa da sorte e estão igualmente se condicionando a conseguir o que querem. Para isso, elas desenvolvem a crença em amuletos, talismãs e comportamentos supersticiosos. Ambos os grupos acreditam que atingirão seus objetivos se tomarem uma série de atitudes, e isso se chama pensamento mítico ou pensamento mágico. E realmente atingem os seus objetivos, não pela prática do ritual, mas sim pela fé, pelo crédito de que as coisas podem acontecer de uma determinada maneira. É como a moeda número um do tio Patinhas.

Muitas pessoas vivem no inferno do medo. Para elas, viver é tomar cuidado. Por isso, estão sempre fazendo as suas escolhas baseadas no medo. Elas agem tentando evitar uma desgraça sem perceber que o medo está sempre presente em cada escolha. Isso é paranóia.

Existem pessoas que escolhem pela lei do prazer. Na vida delas, tudo dá certo. Elas decidem fazer algo, ou não, pelo prazer que as coisas possam lhes trazer. Nunca fazem uma opção baseadas no medo do resultado de suas ações. É a fé que move sua vida. O medo e os rituais míticos são inúteis quando você crê no merecimento. Arrisque-se, pense na possibilidade de obter um “sim” porque o “não” você já o tem, não é mesmo ? Em minha experiência profissional, vejo que nunca perco. Sempre vou para ganhar e se não ganho, analiso todos os fatores para conseguir ganhar da próxima vez. Nunca desisto e sempre ganho. O que muitos chamam de fracasso, para mim é uma oportunidade de estudo e de mudança de tática rumo ao sucesso. Se ainda não ganhei, é porque não estava pronto mentalmente para o sucesso. Estudando e analisando o que devo ou não fazer, vou chegar aonde quero, pois não existe fracasso, só o sucesso.

Luiz Antônio Gasparetto

 Eu te desejo paz sobre todas as coisas.O Kali Maluhia no me oe.

interconexão