Todas As Coisas Que Parecem Me Acontecer eu as Peço e as Recebo Conforme Pedi

O livro um curso em milagres tem uma passagem com esses dizeres onde orienta a dizer essa sentença com convicção. Convicção as vezes precisa ser construída, então vamos analisar um pouco e ver se conseguimos vender a nós mesmos essa ideia. Porque mudar uma crença é isso, convencer a si mesmo, e se você fosse vender algo a outra pessoa precisaria de argumentos, então quando você quiser absorver uma ideia a analise de modo a construir argumentos para vende-la a si mesmo.

Eu sou responsável pelo que vejo. Eu escolho os sentimentos que experimento, e eu decido quanto a meta que quero alcançar.

E TODAS AS COISAS QUE PARECEM ME ACONTECER EU AS PEÇO E AS RECEBO CONFORME PEDI

PARECE, porque as coisas realmente parecem que simplesmente acontecem, acontece de o ônibus atrasar ou passar mais cedo e você perder, acontece de alguém bater no seu carro no transito, acontece de alguém esbarrar e derramar café na sua roupa branca, do carro passar na poça de água bem na hora que você estava do lado.

A vida é vivida assim, tudo parece que acontece e tudo bem, esse é o jogo que estamos jogando no teatro da vida. Mas quanto mais conscientes estamos de QUE APENAS PARECE mais empoderados estamos pra lidar com as situações, identificar e mudar a informação interna que é refletida neles. O NOSSO CONTEÚDO INTERNO SE EXTERNA E SE MOSTRA PRA NÓS ATRAVÉS DOS ACONTECIMENTOS DO DIA A DIA, das pessoas que atraímos, das reações que atraímos, de absolutamente tudo que vivenciamos.

O PRIMEIRO PASSO é reconhecer que por mais dolorido ou bizarro que seja o que estamos vivenciando e do quanto gostaríamos conscientemente que fosse diferente, ISSO é um reflexo do conteúdo interno. Alguma informação registrada por você desde o início da sua vida ressoa criando experiências presentes e é através dessas mesmas informações que a sua mente interpreta as interpreta. Então não é pra se debater e pensar “nossa eu sou um merda pra criar essa vida horrível pra mim mesmo”. A sua experiência é a única forma de você ver o seu conteúdo, por isso fala-se em ser grato pelo que se apresenta. A vida não está te batendo mas sim mostrando o que tem aí dentro, se quiser viver de uma forma diferente é isso que precisa ser mudado internamente, ela não pode fazer por você mais que isso, mostrar.

EU AS PEÇO E AS RECEBO

Pedir aqui quer dizer energeticamente, a gente sabe que na nossa sã consciência não quer bater o carro, não quer chegar atrasado numa reunião importante ou ser maltratado. Mas pessoas se atraem para cocriar experiências que são a externalização do conteúdo de ambas. Melhor dizendo Campos energéticos se atraem, inconscientes se atraem porque tem em si peças que se encaixam como um quebra cabeça, para qualquer experiência acontecer é preciso que exista esse encaixe energético, as informações no que dr Hew Len chama banco de dados precisam se encaixar.

O campo busca algo que o complemente, que encaixe uma peça na outra pra poder assim construir uma realidade material pra ser experimentada. Fulano que tem uma informação que é compatível com chegar atrasado vai atrair como chefe alguém que tem uma informação compatível de ter funcionários que atrasem. E se ele fizer de tudo para não atrasar, algo vai aparentemente acontecer com ele, pode ser através de atrair alguém que vai bater no carro de leve, o suficiente para atrasar, ou que vai roubar a vaga de estacionamento, ou pode o carro estragar se não houver ninguém nas redondezas com um campo predisposto a cocriar essas coisas. Essas pessoas tem campos energéticos predispostos a x ações e reações e o seu inconsciente vai estar caçando essas pessoas por aí pra te ajudar a viver a experiência necessária e/ou padrão. No exemplo de chegar atrasado se não houver pessoas para cocriar, o inconsciente vai dar outro jeito porque é o trabalho dele manifestar a sua vida de ACORDO com o seu conteúdo interno, com os seus comandos primordiais. Então essas pessoas estão te ajudando a manifestar o seu conteúdo ao mesmo tempo que você as ajuda a manifestar o delas, é e sempre será uma troca justa e compatível no campo energético. Mas no físico pode parecer injusto, sacanagem ou azar. Portanto é sim um pedido recebido.

EU SOU RESPOSÁVEL PELO QUE VEJO

É a experiência, mas também é como você a enxerga.

Você está manifestando o seu conteúdo interno na experiência presente e ao mesmo tempo “programando manifestações futuras”, criando padrões, com o modo de ver/interpretar e sentir esta mesma experiência presente.

Você é o único que tem o poder de mudar a sua PERCEPÇÃO, olhar para as mesmas pessoas, para os mesmos eventos DE UM MODO TOTALMENTE DIFERENTE. É você quem tem que mergulhar dentro de si mesmo e dissolver a raiva, o ressentimento, o julgamento e mudar a sua percepção.

A primeira interpretação que você dá a algo é automática, vem do seu “banco de dados inconsciente”, mas você pode parar e reinterpretar conscientemente de forma que te eleve e libere a todos, não resumindo as pessoas aos seus defeitos ou erros, se abstendo de julgar de forma condenatória. Quando você faz isso seu inconsciente que está sempre trabalhando, ouvindo, registrando e executando no mundo externo o que está no seu mundo interno, registra a diferença e começa a mudar a sua “visão/interpretação automática das coisas”, assim o mesmo passa a ser visto com outros olhos. É como se o inconsciente fosse uma máquina que está o tempo todo aprendendo conforme observa você, e ele é a maquina que executa no mundo energético os comandos necessários pra manifestar o que você experimenta no mundo material. E aí quando você experiência o que materializou, ele registra as suas reações e vai aprendendo mais sobre o que criar em seguida e vai trocando a informação conforme percebe que você está reagindo diferente! Em essência ele presta atenção no que você sente e esse sentimento vai estar vinculado a ideias, pensamentos e a elementos materiais que para o inconsciente é 0101, é código energético. Ele não entende dinheiro como dinheiro e namorado como namorado, mas ele entende que quando você foca no código energético que pra gente é dinheiro você se sente “triste”, seu campo e DNA se contraem, o que pode gerar doença no seu sistema, um corpo e campo saudável requerem um DNA relaxado, então como o objetivo primário desse sistema é a sua sobrevivência gastando o mínimo de energia possível ele vai afastar isso que contrai (dinheiro etc) de você.

EU ESCOLHO OS SENTIMENTOS QUE EXPERIMENTO” é vinculado a sua percepção e sua habilidade de reinterpretar as coisas de uma forma que faça você se sentir bem, seguro e empoderado. Você é livre para ver o seu problema como a vida te ferrando, e ver a si mesmo como um nada, ou mesmo determinado a mudar a sua realidade e resolver seus problemas, olhar pra tudo como uma oportunidade de ver o seu conteúdo interno, escolher seus sentimentos conscientemente, retomar o poder do seu mundo interno e sair do automático. Você pode lembrar de todos os pontos acima para fazer isso, lembrar que as pessoas envolvidas são compatíveis com seu mundo interno e estão contribuindo, que você só recebe o que pede não importa como isso (recebido)lhe pareça no primeiro momento. Porque mesmo que você não consiga mergulhar dentro de si mesmo e achar a raiz dessa informação que origina o seu problema/oportunidade, só de olhar pra isso de maneira diferente, só de trabalhar as memórias conscientemente, o seu sistema já está registrando uma mudança. Você já está plantando sementes novas ao invés de somatizar o mesmo padrão.

Então você pode pegar a sua lista negra e começar a reinterpretar esses momentos e essas pessoas através de um olhar diferente, ou apenas usar esse olhar a partir daqui com o que quer que lhe aconteça. Você pode buscar ferramentas e praticar pensar conscientemente, ou não fazer nada. A questão é assumir que não fazer nada também é uma escolha. Manter as mesmas crenças e padrões também é uma escolha. Acreditar que tudo está contra você ou a seu favor é uma escolha. A seu favor não é o que só facilita a sua vida, mas é acreditar que dentro daquele problema tem uma oportunidade que você não está se permitindo enxergar.

@interconexao



Você Está Disposto a Abandonar o Que Te Faz Sofrer?

Não é apenas sobre pessoas, relacionamentos, trabalhos… é sobre ideias percepções, julgamentos, sentimentos…é sobre raiva, ressentimento e o apego a sua interpretação dos fatos e das pessoas. É sobre resumir o outro e a si mesmo aos erros e a dor quando existe muito mais que isso! É a sua escolha abandonar um emprego ou um relacionamento, mas também é a sua escolha que emoções vai manter consigo se ficar ou partir. Você pode ter raiva do que alguém fez ou pode escolher entender que ele deu o que tinha e que algo dentro de você se colocou disponível à isso. Você continua se levando consigo, é o sentimento que carrega no seu coração e a maneira como interpreta a dinâmica da vida que determinam o peso do sofrimento/problema e sua habilidade de lidar com isso sem perder a paz.

Você está disposto a abandonar a narrativa da vítima e do vilão? Somos espíritos interpretando personagens que apenas parecem a vítima ou o vilão. Enquanto você contar a história de que por culpa dos seus pais…do seu chefe… do cliente…do seu marido(esposa)…do seu filho…do seu vizinho… Você não se sente ______, amado, feliz, próspero, em paz, ou que por sua culpa o seu filho, fulano ou ciclano não é feliz ou qualquer coisa que seja, você carrega uma carga que não é sua enquanto dá o seu poder ao outro. Cada um é responsável pelo seu mundo interno. Se a carga não é sua, você não tem o poder ou o que é necessário para carrega-la, e por isso enverga. A “carga” foi feita sob medida para o seu dono, para o desenvolvimento dele, por tanto só ele tem o necessário para dar conta dela, é o poder dele. Aquela pessoa precisa daquilo pra desenvolver as habilidades necessárias para dar o próximo passo. Tudo serve ao ser. Tudo agora está a serviço do que está por vir.

Abandonar o que te machuca aqui não é apenas perdoar o erro, é compreender que cada ser humano deu o seu melhor em cada circunstância ainda que pareça pouco, ainda que pareça horrível, que doa, ainda que existisse uma opção “melhor” ao nosso ver. Tudo que aquele ser podia fazer com o conteúdo interno dele, ele fez. Mesmo que você olhe e diga que ele poderia ter pego outro caminho, tomado outra ação ou reagido de outra forma… você não vê o interior do outro, nem as razões do espírito por trás das ações do humano. Você não sabe o que só Deus sabe. Você julga da sua posição, com o seu conteúdo, não do lugar do outro, com a dor do outro, na pele do outro, você não sabe, então você escolhe uma maneira de interpretar o outro, a si mesmo, as circunstancias, as ações e reações. Se é assim, escolha uma interpretação que te faça bem, que te beneficie e te empodere ao invés de uma que te diminua. Escolha uma interpretação que liberte, que não aprisione nem resuma ninguém à um julgamento no seu mundo interno. Que não te amarre em emoções pesadas. Que não te prenda à cadeira da vítima ou do vilão. Para ser livre você precisa se soltar da culpa e do julgamento que te amarra ao outro. Do lado de fora você toma as ações pertinentes a cada situação mas não internaliza a posição de mocinho ou bandido e busca entender porquê seu inconsciente trouxe aquela situação para sua experiência. Quanto mais desenvolvemos a habilidade de agir no mundo externo de acordo com o que determinamos que é melhor e mais humano, e simultaneamente do lado de dentro não nos prendermos ao julgamento, mais livres nos tornamos.

Autorresponsabilidade não é culpa. Se julgar do lugar em que você está agora, quando já sabe onde aquelas escolhas “erradas” te levaram, quando você já aprendeu algo com aquilo é incoerente, até mesmo insano. A consciência que você tem hoje é resultado de todas as suas vivências, aquele era o seu melhor, e te desenvolveu para ser melhor um passo a frente. Abandone a ideia de que você poderia ter feito melhor, com o conteúdo que você tinha aquele foi o seu melhor.

Você está disposto a abandonar a ideia de que não te deram o bastante? De que aquilo que aconteceu foi feito pra te destruir? De que a vida é injusta com você? A vida que o seu Espirito escolheu!

Parece que são pessoas que te machucam

Não são pessoas que te machucam mas a sua ideia sobre o que eles deveriam fazer pra você se sentir ____________em contraste com a realidade. Se você abandonar a ideia de que precisa disso pra se sentir ________ você é livre pra continuar buscando pessoas que tenham determinado trato com você, mas não vai mais sofrer quando se deparar com alguém que não tiver. Você se muda sem se afetar pela mudança, pela dor do que não foi….você é livre pra continuar buscando o trabalho sonhado e todas as coisas que deseja desfrutar mas não sofre por não as ter porque abandonou a ideia de que depende delas pra se sentir_________. As buscas sempre serão contínuas, mas os resultados, cedo ou tarde, podem surpreender. Todo sentimento é uma semente para colheita futura. Escolha uma visão da vida que você tem agora que faça você se sentir bem, o melhor possível, mas continue agindo no mundo material para ter uma vida melhor. Uma coisa não anula a outra, a semeadura acontece simultaneamente no mundo material e imaterial, pelo que você faz, acredita e pelo que você sente.

@interconexão


Como Limpar Bloqueios Inconscientes

Nossos problemas são construções nossas mas como arquiteto é o nosso inconsciente não nos parece assim.

Nossos hábitos, sentimentos, impulsos, reações e realidade são uma programação do nosso inconsciente, mas nós fomos os programadores em algum ponto do tempo de cada um desses programas. Nossas percepções, julgamentos e emoções são os zeros e uns desse sistema. Nosso sistema operacional escuta e traduz em realidade continua tudo isso o tempo todo.

Mudar nossa realidade começa por mudar a nós mesmos, mas mudar nossos impulsos, formas de pensar e sentir, pontos de vistas fixos e hábitos não é fácil porque eles são enraizados em experiências do passado, geralmente na infância e ramificados conforme outras experiências se desenrolaram após a primeira. Eles vão se solidificando por assim dizer, por conta das vezes que repetimos determinado julgamento, emoção, experiência. A experiência é sempre uma evidência de que estamos certos naquele modo de operar/pensar. Mesmo quando o evento em si é desagradável. Para o subconsciente tem sempre algo pior a espreita do que aquilo que você está reclamando que está vivendo, e o seu “drama pessoal” é na verdade como ele está te protegendo disso.

Quantas vezes você quis acordar mais cedo pra fazer seu dia render mais, ou pra incluir uma nova atividade na sua rotina diária mas acabou acordando no horário de sempre e se sentindo um fracasso depois? Quantas vezes você olhou para aquele seu amigo que acorda seis horas da manhã pra correr antes do trabalho e pensou eu queria ser assim!? Ter essa motivação? A verdade é que você não é um fracasso, apenas tem uma programação diferente e se você quiser o bastante pode muda-la. Mas se não o fizer, (do jeito especifico que quer, como acordar 6 da manhã motivado) você pode certamente eliminar o padrão de se sentir fracassado por não fazer assim. pode mudar sua percepção sobre si mesmo, suas metas e como deve alcança-las. Se você não consegue acordar as 6h bem, durma até o hr que você pode com a gratidão de poder dormir até tal horário ao invés de se recriminar, encontre outros meios de incluir na sua rotina o que você quer. Mas dizer isso é fácil e lógico, agora determinar como se sentir não depende de dizer sinta-se grato.

É preciso encontrar meios de reescrever o programa que corre abaixo da superfície. E não existe um meio, mas existem vários. Umas ferramentas funcionam melhor para umas pessoas do que pra outras, ou funcionam em area da vida, melhor do que outras, e então você pode tentar e quando não funcionar para uma coisa, passar para outra e depois voltar para aquela coisa com outra ferramenta.

PREPARAÇÃO

Abaixo tem um processo inspirado pela Christie Sheldon que você pode experimentar, fica a seu critério fazer diretamente ou gravar com sua própria voz uma meditação guiada seguindo os passos, é um um processo de autoindução, relaxando seu corpo entrando em uma frequência cerebral e cardíaca capaz de facilitar o processo de acessar o subconsciente e trabalhar com ele.

Você também pode gravar a sessão e depois ouvir e tomar notas, como sendo o seu próprio terapeuta, porque você é. Frequentemente pessoas que praticam autoindução durante meditação não conseguem se lembrar de tudo que fizeram no final processo. Isso é bem comum, por isso você pode achar interessante gravar.

Escolha um lugar confortável, garanta que você tenha privacidade e tempo suficiente sem ser incomodado. Se escolher gravar anteriormente, prepare a gravação. Se escolher gravar a sessão prepare o gravador. Sinta-se livre para criar o ambiente que achar mais conveniente(música, aroma, luz).

PROCESSO DE ACESSO E REFRAME PASSO A PASSO

  • PASSO 1 – DEFINA UM PROBLEMA/BLOQUEIO/ tema para trabalhar.
    • Um sentimento, um bloqueio, algo que você não consegue ultrapassar, talvez algo que fique se repetindo na sua vida, um padrão.

O problema é algo consciente mas o que você precisa limpar está abaixo da superfície é o alicerce, a fundação que fica abaixo da terra sustentando a construção do seu problema.


  • PASSO 2 – AUTOINDUÇÃO & CONEXÃO
    • Entre em meditação e se conecte – Um estado de relaxamento físico e mental, um estado de conexão com a luz, com o universo em todas as direções.

Feche os olhos, relaxe e respire de vagar. Visualize energia vindo de cima (do universo/fonte) e de baixo (do centro da terra) e entrando no seu corpo. Preenchido de energia, visualize expandido essa luz de você para o mundo, comece aos poucos, expanda até o ambiente que está, até o bairro, cidade, estado, país, planeta… Assim você esta recebendo e enviando energia simultaneamente. Neste estado você esta pronto para o próximo passo acessar as informações pertinentes a solução do seu bloqueio.

Sendo possível grave sua sessão, você pode achar interessante o que é capaz de lembrar durante o processo e como isso está interconectado ao que você tem manifestado, ao que não consegue fazer ou parar de fazer. E essa conexão muitas vezes você só consegue fazer depois ao escutar o áudio, e então o processo começa a fazer mais sentido, e você se torna especialista de si mesmo, se tornando cada vez mais fácil encontrar a raiz dos seus padrões e bloqueios.


  • PASSO 4- FAÇA PERGUNTAS:

Pra esse processo você vai dizer a primeira coisa que vier a mente logo após a pergunta. NÃO É PARA TENTAR LEMBRAR NADA. Apenas trabalhe com o que vier naturalmente, com o que você sente e com o que você acha que parece ser a resposta.

  • EU ESTOU SENTINDO ISSO____ COM QUANTOS ANOS EU SENTI ISSO PELA PRIMEIRA VEZ? (leve o sentimento/frustação para esse centro e pergunte)
    • Você pode focar no tema e começar a fazer perguntas para se conectar com a emoção.
      • EX: Seu problema é querer/precisar perder peso, ou para de comer um certo tipo de alimento, mas não consegue.
    • Você poderia se perguntar: Qual idade eu senti/ entendi que eu precisava comer esse tanto? quando eu entende que era bom e seguro pra mim comer esse tanto ou esse tipo de comida? Quando eu entendi que era seguro pra mim estar sempre acima do peso? Quando eu entendi que isso me protegeria e me manteria seguro?
  • QUEM ESTAVA ENVOLVIDO?
    • DE QUEM EU ESTOU REPLICANDO ISSO ? De quem copiei/modelei isso? ou quem eu estou corrigindo com isso? Meu pai? minha mãe? meus avós? eu mesmo?
    • De modo geral na infância aprendemos observando e nos definimos como julgamos o que observamos. Então você pode estar modelando alguém ou fazendo o extremo oposto daquela pessoa, caso você tenha julgado ela errada, ou tenha sentido alguma dor a partir de um modo de ser dela.
  • QUAIS SENTIMENTOS e/ou JULGAMENTOS ESTÃO LINKADOS A ISTO?
    • Neste momento pode ser que você tenha se lembrado de um determinado evento do passado, assim observe todos os sentimentos do seu eu de X anos (a idade que veio na pergunta 1) mesmo que isso não tenha acontecido e você não lembre de um evento especifico apenas se concentre em você com aquela idade, (imagine, ok eu tenho 8 anos como eu me sinto sobre isso)
    • Pode ser medo, carência, vazio etc…apenas reconheça esse pacote de informações psicoemocionais porque podem ser várias emoções.
  • ONDE ESSA ENERGIA ESTÁ CONDENSADA NO MEU CORPO E/OU EM TORNO?
    • Sinta ou visualize onde isso parece que está, em qual parte do seu corpo?
    • APENAS DIGA O QUE VOCÊ ACHA. A PRIMEIRA COISA QUE VIER NA SUA MENTE, e trabalhe com isso como sendo verdadeiro. Quanto mais vezes fizer esse processo, mais confiança em sua capacidade de ver/sentir/reconhecer você desenvolve e fica mais fácil.

  • PASSO 5LIMPEZA
    • VISUALIZE A LUZ ENTRANDO NESSA PARTE DO CORPO E DESINTEGRANDO AQUELE BLOCO.
    • Diga eu limpo e transmuto através de todos os tempos, dimensões, espaço e realidade.
    • Se você tem outros comandos de limpeza que já utiliza pode tentar com eles também, como o do Access Consciousness.

  • PASSO 6 – SE ABRINDO PARA RECEBER NOVAS POSSIBILIDADES E PARA NOVAS FORMAS DE SER
    • SE ABRA PARA A MUDANÇA DE PADRÃO COM NOVAS PERGUNTAS
    • O QUE ME LEVARIA A …

Exemplo: O que me levaria a pesar… ? O que me levaria a comer apenas o suficiente? O que me levaria a gostar de alimentos saudáveis? O que me levaria a ser mais saudável? A me sentir seguro e a salvo comendo apenas essa quantidade que meu médico definiu? A me sentir protegido e seguro fazendo isso(…) que eu preciso fazer?

O que me levaria a praticar esse exercício até eu ficar tão bom nele que eu faria em qualquer lugar, sobre qualquer circunstância, sempre que eu precisar? O que me levaria a encontrar a ferramenta/técnica mais adequada pra acessar o potencial da minha mente? mudar o como sinto sobre? Enfim…


Para aqueles que escolheram gravar a sessão, o último passo é escutá-la, anotar os pontos chaves e ver como eles se relacionam com os bloqueios no presente que escolheu tratar. Isso vai ajudar a treinar o seu ouvido e a sua mente para perceber essas conexões intuitivamente. Quando você tiver um novo problema e já estiver treinado nessa leitura as chances são de você já começar a perceber o que está abaixo da superfície, com você e com os outros. E compreendendo isso se torna mais fácil prestar atenção nas informações que você está oferecendo dia a dia ao seu sistema. Uma vez que se entende como isso vai ser registrado é mais fácil alterar a percepção imediatamente no presente para não programar mais do que não deseja. Agora isso não é obrigatório, você pode tranquilamente fazer a limpeza sem analisar a causa raiz. Mas alguma pessoas gostam de compreender como essa manifestação se dá.

Tente e nos conte qual foi a sua experiência!


Crenças são a sua Verdade

Recentemente, ouvi alguém dizer “seus pensamentos criam sua realidade” em um vídeo do YouTube e isso me incomodou porque, enquanto seus pensamentos contribuem para o processo de criação de sua realidade, eles não são 100% responsáveis por isso. É como se alguém lhe desse um pneu e chamasse de carro. Você precisa de muitos outros componentes para poder ter um carro totalmente funcional e dirigível. As crenças são a base da sua realidade energética e material, de modo que compreender e conhecer o seu sistema de crenças é o que o deixará livre, avançando e fluindo na sua zona milagrosa.

O que são crenças? São aquelas coisas que aceitamos como verdadeiras, sejam elas verdadeiras ou não. Se eu acredito que não posso fazer algo, não tentarei fazê-lo, mesmo que não tenha feito uma tentativa para saber se é ou não possível para mim. É assim que as crenças fortes são e porque elas formam a base de nossas realidades individuais e coletivas, pois todos os seus pensamentos, palavras e ações dependem de suas crenças.

Pense em uma crença que você tem, algo que você pensa ‘sempre’ ou ‘nunca’ ou ‘não pode’ acontecer. Preste atenção às suas emoções e como você se sente quando diz isso. Sua energia sobe ou desce? Por exemplo, você diz algo como “Eu sempre tenho a pior sorte e as coisas ruins sempre acontecem comigo?” Isso faz você se sentir desamparado? Agora pense em algo que você realmente gostaria de fazer ou uma mudança que você faria em sua vida. Qual é o seu primeiro pensamento sobre isso?

Que isso não vai acontecer, não pode acontecer, será impossível, o que as pessoas vão dizer, como isso vai acontecer? Você pode dizer algo como “Eu sei que isso não pode acontecer” e você não vai tentar porque você já sabe que vai falhar (mesmo que você não tenha tentado). Como tentamos evitar o fracasso, a rejeição e a humilhação, não seguimos em nenhuma direção que possa resultar nessas coisas.

O que nós fazemos? Para sair da realidade de 360 graus que criamos com nossas crenças, o que significa começar em um ponto e contornar o círculo de limitação de volta ao ponto de partida, devemos estar dispostos a dar um passo para fora desse círculo, para ir além de 360 , para criar uma nova realidade que leva nosso potencial para além das limitações de nossas crenças e experiências existentes no reino do que é possível. Sim, você pode ter a crença de que você não pode fazer algo, mas e se você tentar de qualquer maneira só para ver se você pode? Você pode se surpreender.

Crenças são a base da nossa realidade e qualquer mudança ou transformação que consideremos deve começar com as crenças que criam a realidade com a qual não estamos mais felizes em nos abrir para o potencial de uma realidade que nos traz alegria e satisfação.

As crenças são a base da sua realidade e os pensamentos não criam a sua realidade (embora participem dela) porque os pensamentos surgem de crenças. Qualquer coisa que você queira mudar requer uma mudança em seu sistema de crenças ou a mudança não acontecerá porque não terá nenhum apoio ou alinhamento energético.

Toda intenção de transformação, ascensão, integração 3D / 5D e mudança deve ter uma crença correspondente que a suporte. Caso contrário, o alinhamento não existirá e você não poderá criar a alteração desejada.

As crenças são o que você sabe que é verdade, mesmo que não seja verdade”. Uma crença é verdadeira para você, de modo que ela cria sua realidade de acordo com a sua verdade. É verdade? Bem, representa sua experiência mas não seu potencial. As crenças são baseadas em experiências passadas; O potencial deve ser fundamentado em novas verdades, não importa qual tenha sido a nossa experiência passada.

Jennifer Hoffman

Tradução @Interconexão

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas.  

À medida que eu me desperto, desperto você.

Eu te desejo paz sobre todas as coisas.


Existem outros artigos relevantes para esse assunto:

O PODER DA APRECIAÇÃO E GRATIDÃO NA COCRIAÇÃO / MANIFESTAÇÃO

Se você já estudou alguma coisa sobre manifestação, se a lei da atração alguma vez já chegou aos seus ouvidos e acredito que sim. Então você sabe que a sua vibração, a frequência que você sustenta é a parte mais importante do processo.

O universo só diz sim !

O universo como o subconsciente não julga como eu e você, bom ou mau, certo ou errado, ele apenas responde as frequências por você emitidas. Aquelas que você mantém por mais tempo são os potenciais mais fortes, pois você os carrega com mais energia.

Aquelas Crenças no sentido daquilo que seu subconsciente entendeu que é perigoso a sua sobrevivência. São as energias mais enraizadas, sempre sendo alimentadas por como você julga a experiência que cria e experimenta. 

Universo e Subconsciente trabalham juntos para manifestar aquilo que experimentamos sem termos que nos envolver em cada detalhe. Eles compreendem o que queremos e o que pode ser perigoso a nossa sobrevivência conforme vamos julgando a vida, as pessoas, os acontecimentos e nós mesmos. Conformes sentimos o mundo. E assim emitimos vibrações correspondentes. Nosso subconsciente trabalha nesse banner energético e o universo lê e obedece, procurando aquilo que é correspondente para o que estamos vibracionalmente predispostos. 

Saia do seu caminho!

Você precisa sair do seu caminho. Pedir chuva mas sentir falta dela e reclamar da seca é ser seu próprio obstáculo.

Funciona melhor como Gragg Braden demonstrou se você visualizar a chuva, senti-la e fazer uma lista das coisas que você aprecia quando chove, as coisas pelas quais se sente grato a chuva. Coisas que despertem seu sentimento e seus sentidos … o cheiro da terra molhada, o verde das plantações…

Se consegue criar essa imagem, ótimo. Solicitação enviada… A emoção associada a um pensamento amplia enormemente seu poder atrativo – criativo. É por isso que a gratidão é tão poderosa, você expressa uma emoção positiva fortíssima ao se concentrar no que gosta.

A próxima coisa é não criar resistência a isso, se depois deste momento você prestar atenção à seca de novo, essa vibração será mais forte pois tem se dedicado a isto mais tempo. Isto não significa que é necessário fazer a “dança da chuva ” até que chova. Significa manter um fluxo de não resistência, pode encontrar coisas boas sobre o dia de sol? Pode ir fazer algo que você goste e não pense sobre o tempo? Pode ser grato e apreciar o que está acontecendo no momento ? Se sim… você cria espaço para que o universo atue no que foi pedido.

A mente tende a voltar para o seu padrão, se você tende a reclamar da chuva quando chove e do sol quando faz sol, ela está adaptada a um ciclo de insatisfação e reclamação e vai ser o gatilho dessas emoções. Por isso para algumas pessoas é tão difícil o processo de cocriar conscientemente, e por isso ser grato significa tanto, porque se você começa a praticar a gratidão por tudo que está presente mesmo as situações difíceis ela acaba tendo que ceder a um novo padrão, e conforme ela cede, mais fácil é resolver essas situações difíceis e criar menos delas.

Todo problema é uma oportunidade de limpar crenças antigas, julgamentos e pontos de vista que o manifestaram, ele pode ter coisas a mais, lições a mais e até estar te salvando de algo bem pior, nós não sabemos tudo. Mas sabemos que amaneira como percebemos o problema pode sedimentar as crenças limitantes que o criaram ou ser a alavanca que vai dissolvê-as.

Se tudo que você fizesse fosse apenas procurar coisas para apreciar, você viveria uma vida alegre e espetacular. Torne-se uma pessoa que aprecia e você prosperará!

– Abraham Hicks

SENTIMENTO é uma palavra interessante, é o Sentir + pensamento que são a direção na manifestação da realidade.

EMOÇÃO é a sua energia em movimento, energia é o que cria e sustenta todas as coisas .

Então é necessário expressar seu desejo através do SENTIMENTO e manter sua EMOÇÃO em fluxo não em resistência.

Apreciação e gratidão abrem o caminho para a abundância pois são emoções de fluxo divino, olhe para algo que você ama e sustente essa emoção.

Não é necessário forçar vizualizações seguidas que se tornam um trabalho árduo , mas manter suas emoções num estado onde o universo pode trabalhar e entregar o que pediu, criando oportunidades que você estará apto a notar, e sincronicidades que você estará alinhado para receber.

Construindo uma Prática de Gratidão

Separe algum tempo em uma base regular, onde você possa deliberadamente procurar coisas para expressar gratidão. Você pode criar um diário de gratidão e fazer disso um hábito da manhã ou da noite. Você pode usar aquele tempo na fila do banco ou no supermercado e jogar o “jogo da gratidão” mentalmente, Não precisam ser grandes coisas. Na verdade, são todas as pequenas coisas que compõem a própria estrutura da sua vida.

Quando tiver que fazer algo sobre o qual não está contente troque a frase “eu tenho que fazer ” para ” eu posso fazer”. Essa perspectiva pode mudar sua vibração, porque muda como você se sente a respeito das suas tarefas.

A atitude de gratidão e apreciação é uma poderosa ferramenta de cocriação deliberada que todo mestre criador é adepto.

Gabby @ interconexão

Se você acha isso útil, compartilhe com outras pessoas.  


O Efeito da Crença: Como a mente consegue ser mais forte que a programação genética?

Eu ouvi sobre o efeito placebo conforme crescia, e mesmo criança sempre ficava intrigada como aquelas pessoas tinham os mesmos resultados daquelas que estavam realmente tomando a “droga” só por que acreditavam que estavam. Ouvi também sobre hipnose, mas a via na TV como uma forma de entretenimento, nunca tive certeza se era verdade ou apenas ilusão como o resto do show. Foi mais tarde que eu soube que a hipnose era usada como uma forma real de terapia em consultórios espalhados pelo mundo.

Nunca havia me perguntado o que era feito antigamente quando era preciso tratar alguém com um ferimento grave sem a existência da anestesia. Chega a ser engraçado como algo com raízes tão antigas se torna tão desacreditado. Uma ferramenta tão capaz se torna inutilizada ou desprezada por razão de críticas de uma indústria que nos educou para acreditar que os remédios são a nossa única ou melhor solução.

No livro A biologia da crença, o autor Bruce Lipton descreve resumidamente uma história um tanto intrigante sobre um médico inglês chamado Albert Mason que curou por meio da hipnose, um caso incurável.

Mason era anestesista e já havia usado a hipnose em cerca de 20 partos sem anestesia com sucesso, entre outros tratamentos. Um dia ele estava prestes a dar um anestésico a um menino de 15 anos e teve dificuldade em achar um lugar para colocar a agulha, pois o braço do menino estava coberto de verrugas pretas. Então após anestesiá-lo, e conduzi-lo ao cirurgião plástico Dr. Moore, ele disse: “Por que você não trata este caso com hipnose?” E ele olhou para Mason e disse: “Bem, por que você não o faz?”

O cirurgião ia enxertar a pele do peito saudável para as mãos, mas como já havia tentado uma vez e falhado, ao ver que a primeira tentativa só havia piorado o aspecto da pele decidiu não fazer mais nenhuma cirurgia no paciente.

Mason decidiu tratar o rapaz e o hipnotizou dizendo que as verrugas cairiam de seu braço direito, deixando a pele suave e normal. Mandou-o embora e pediu-lhe para voltar em uma semana.

Quando o adolescente retornou seu braço estava limpo. Mason satisfeito, o levou ao cirurgião para mostrar que as verrugas haviam sumido através da hipnose como havia sugerido. Grande foi a sua surpresa ao ouvir que não eram verrugas, mas eritrodermia ictiosi forme congênita de Brocq. Uma doença genética incurável.

O paciente teve tratado o restante do corpo com um sucesso de 70%, o caso foi documentado e publicado no British Medical Journal em 1952 tornando Mason mundialmente famoso, e sua sala de espera lotada de pacientes de ictiose que ninguém conseguia curar.

No entanto, Mason tentou o mesmo método em diversos pacientes, sem jamais conseguir obter o mesmo resultado. Concluiu por fim que o problema estava nele mesmo e em suas crenças sobre o tratamento. Agora ele sabia que estava tratando casos genéticos e incuráveis, não apenas verrugas.

“Eu agora sabia que era incurável. De antemão, pensei que fossem verrugas. Eu tinha a convicção de que posso curar verrugas. Depois daquele primeiro caso eu estava atuando. Eu sabia que não tinha o direito de ficar bem ”.

Mais tarde comparou o acontecimento e a hipnose a um folie à deux, um estado em que uma pessoa pode transmitir a outra uma fantasia, um estado delirante, e eles captam, por assim dizer.

Como a mente consegue ser mais forte que a programação genética? Como a crença de Mason pôde afetar o resultado do tratamento?

A mente do paciente curou seu próprio corpo através da hipnose, internalizando as palavras que ouvia, mas a mente do médico afetou determinantemente esse resultado.

Quando Mason deixou de acreditar que podia curar os outros pacientes por que sabia da gravidade e “incurabilidade” da doença, o tratamento parou de ter resultados. A hipnose deixou de ser eficiente por que o hipnotizador não tinha fé o bastante na cura ou em si mesmo. A crença havia sido afetada . Isso quer dizer que a ferramenta depende da convicção do operador, que ela afeta seu trabalho e resultados. Mas também afeta a mente alheia. Pois existe uma co-dependência dos resultados, uma consciência compartilhada.

Quando os dois campos magnéticos se relacionam para um objetivo, ambos precisam acreditar para atingir a meta. De alguma forma essa combinação de duas pessoas querendo produzir algo poderia realmente mudar as coisas físicas.

É meu entendimento que esses campos conversam entre si através de um processo inconsciente trocando informações. Então eu me pergunto o quanto afetamos uns aos outros dessa maneira ?

Se um médico senta com um paciente e lhe diz que vai cura-lo, mas não acredita nisso. Se sua autoestima está abalada e não se sente capaz. Se ele oferece tratamentos em que não acredita. Quanto isso afeta o resultado do paciente?

Quando alguém mente, quanto de nós sabe a verdade?

Quando os pais educam seus filhos eles literalmente estarão passando suas crenças para eles, e os moldando através delas não apenas através do que eles fazem ou dizem mas de como se sentem em relação aos seus filhos do que acreditam que eles podem ou não ser. Assim como seus medos de quem eles possam se tornar ou fazer.

Quando crianças e adolescentes se tornam revoltados o que eles estão espelhando ? É o medo dos pais de que eles fossem exatamente o que julgavam nos filhos dos outros ? Ou é uma revolta interior de um ser que não quer assumir essas crenças ou expectativas que estão sendo derramadas sobre eles inconscientemente?

Nossas crenças particulares influenciam nossa saúde, nossa biologia, nosso desempenho e de alguma forma forma a resposta das pessoas ao nosso redor. Temos que ser positivamente muito mais fortes em nossas mentes para não sermos afetados pelas crenças alheias.

Gabby @Interconexão

_________________________________________________________________________________________

Seu Mundo Gira em Torno do Seu Umbigo

Sua vida gira em torno do que você acredita que é verdade. Dos pensamentos que cultiva diariamente, sejam eles sobre o que você deseja e não tem, o medo de nunca ter, ou de perder o que tem, sejam sobre a confiança de estar no caminho certo ou suas dúvidas sobre ele.

Sua vida gira em torno do seu coração, seus sentimentos a respeito do mundo, do que acontece, do que pode ou não vir a acontecer conforme você acredita. Da maneira como você se relaciona com o mundo e tudo que nele existe.

Sua vida como você a experimenta gira em torno de um sistema que você programou e programa todos os dias com os seus julgamentos e percepções.

Aquela velha frase que ouvimos de nossos pais enquanto crescíamos , “a vida ou o mundo não gira em torno do seu umbigo”, é a pior mentira que já nos disseram. É uma mentira contada muitas vezes geração após geração, pra que nos distanciássemos da verdade de que tudo acontece de dentro de nós para fora. E que esse é o tamanho e responsabilidade do nosso poder.

Seu mundo gira em torno do seu umbigo sim, e você gira em torno do seu mundo. Aquele que você criou, aquele que você enxerga, aquele você escolhe ver. O mundo não parece o mesmo para todos.

Tudo é sobre você, e de certa forma tudo está a seu serviço, seja no melhor ou pior dos acontecimentos. Cada problema foi atraído por você, mas é uma oportunidade de curar a ferida, de reescrever o “programa” , baseado em memórias sejam elas conscientes ou inconscientes, suas ou da sua família, individuais ou do consciente coletivo.

Uma memória que influencia seu mindset e sua vibração, portanto sua realidade seja ela qual for vem de você.

Você não tem culpa de nada, mas é responsável por tudo que experimenta. Da mesma maneira seria sábio não culpar os outros. Entenda que você pode fazer escolhas, e tomar medidas mantendo os outros responsáveis pelas suas atitudes sem  culpa-los. Aprender a diferença é um degrau sutil mas importante.

Já estamos de fato cansados de ouvir que criamos nossas realidades, queremos estar no controle então. Mas não estamos! Mas se não estamos, então como somos responsáveis?

As memórias são suas, ou você compartilha delas. É o que diz o mestre do H’oponopono. Eu vejo a cura que ele promoveu naqueles internos no manicômio  como uma limpeza dos próprios julgamentos sobre aquelas pessoas. Se você atrai alguém para sua vida, te dê essa pessoa o trabalho que dê, é porque os campos estão correspondentes, o banco de dados é similar ou se completa. Dr. Ihaleakala Hew Len diz  que são memórias compartilhadas, talvez sejam, talvez sejam de outras vidas, talvez sejam dos nossos ancestrais, talvez sejam do consciente coletivo, e no jogo da dualidade alguém concorda em interpretar o bandido. Não sei, não tenho todas as respostas, e quem diz que as tem está sendo ingênuo.  

Mas  dessa perspectiva de autoresponsabilidade cada um de nós detém um poder, o poder de reformular a própria percepção ao invés de ficar com a percepção inicial  que o sistema (banco de dados) faz pipocar na mente e projeta no sistema nervoso inundando o corpo de emoções. Você pode ficar com a primeira reação mental/emocional se isso serve a vida que você quer criar, e muda-la quando não serve. Mas julgamento não serve a ninguém.

Você tomou algo como verdade no caminho da vida. Você se identificou ou julgou e isso “grudou” em você por assim dizer.

Se você não está no controle, você está no automático. Algo como o processo que administra o funcionamento do seu corpo. Hoje em dia você pode até saber o que ele faz porque é um processo que foi, e vem sendo estudado. Mas é um sistema inconsciente ou que tem consciência própria.

Do mesmo modo funciona o sistema que administra a sua realidade, é um sistema automático que pode ou não ser programado conscientemente.

Agora você sabe que algo como suas palavras afetam a química do seu corpo, essa é a parte do sistema que escuta você e se define por isso. Assim há histórias no mundo inteiro de remissão espontânea ( autocuras milagrosas) .

Do mesmo modo o sistema quântico universal é afetado pelo que você interioriza. Suas palavras são um meio de fazer isso. É um sistema automático que lê seus dados, (frequência vibracional ) e os transforma em experiências. Digamos que esse seja o sistema primário.

Julgar é uma maneira de se identificar com algo, medo e preocupação é uma maneira de focar em algo e carregá-lo com emoção, o que é uma carga energética de criação. Assim como é o amor. O sistema registra incessantemente tudo o que você “faz” e gera mais daquilo que tiver mais energia. Aquilo que é primário, sobre a sua sobrevivência e segurança, aquelas informações programadas primeiro, no início da vida tem muita energia.

Quanto mais você julga algo ou alguém, mais você se relaciona com aquilo e uma carga energética é adicionada. Assim é com tudo. E assim esses programas vão se automatizando. Esse seria o sistema secundário. Quando algo alcançar um certo nível de energia de muitas repetições o programa passa a rodar sozinho. Você é responsável por eles por ação ou omissão.

Limpe as memórias, libere os programas, reescreva os dados tentando o que funcionar pra você, comece onde você está. Libere o hábito de julgar os outros,  bom ou mau, certo ou errado e todos esses rótulos que damos as pessoas que não agem de acordo com aquilo que achamos correto. E quando o fizer, limpe. Não sejamos ingênuos, essa não é uma tarefa fácil, somos dualistas e achamos que um coisa é isso ou aquilo e que tem que ser assim.

Consciência é estar claro sobre as coisas conforme acontecem. É reconhecer o seus hábitos e a sua resposta automática diante da vida diária e então trabalhar nela.

Seja consciente sobre si mesmo. Se há algo na sua vida que queira mudar, há algo em você que precisa reconhecer.

Essa não é uma verdade absoluta, tudo que eu estou dizendo é o oposto disso, se a verdade não fosse relativa seríamos uma só mente. Podemos ser, mas certamente não estamos!

Eu te desejo paz sobre todas as coisas, paz acima de tudo. Qualquer coisa que você deseje criar começa com ela.

G ‘ ♾ interconexão

Acesso a Consciência – Barras de Acess

O slogan de Access Consciousness diz: “Empoderando as pessoas a saberem o que já sabem”. Desta forma, eles desenvolveram vários processos verbais e corporais para facilitar o acesso à consciência e o empoderamento pessoal .

O Access Bars (Barras de Access ou Barras de Acesso) é a principal ferramenta da Access Consciousness e foram originalmente canalizados por Gary Douglas, seu fundador em 1990. Ninguém tinha conhecimento desses pontos antes disso.

Existem 32 pontos em nossa cabeça que quando tocados suavemente, sem esforço e facilmente libertam-nos e nos colocam em um espaço, energia e consciência propícios para o receber. Chamamos estes pontos de “Barras” pois eles são tocados juntos formando barras de energia de um ponto a outro.

Segundo Gary Douglas neles estão concentrados o componente eletromagnético de todas as programações que criam e sustentam nossos pensamentos, ideias, crenças, emoções e julgamentos que temos guardado durante toda nossa existência e que manifestam todos os pontos de vista distorcidos, bloqueios e dificuldades que sofremos em nosso dia a dia, nos impedindo de viver uma vida fluida e plena. Tudo o que criamos, inventamos, aceitamos como verdade ou que alguma forma estamos usando e que limita nosso potencial criativo e realizador pode ser limpo ou desprogramado recebendo sessões de Barras de Access.

Receber sessões de Barras é uma maneira de “esvaziar” programações negativas e liberar limitações proporcionando também alívio do estresse mental.

Ao tocarmos uma Barra a ativamos e então dará início a limpeza da energia bloqueada na área ou aspeto da vida que lhe corresponde.

As principais referências de nossas vidas estão representadas nas Barras . Cada uma representa aspetos específicos. Vejamos a seguir:

A Banda de poder

A faixa de poder é onde você armazenou toda a sua consideração sobre o que é poder.

A banda de implantes

A Banda de Implante é onde você tem todos os pensamentos, idéias, crenças, considerações, atitudes e emoções com as quais você concordou ou resistiu e reagiu, permitindo que você fosse implantado em primeiro lugar. Ela afeta todas as outras partes do seu corpo e lida com tudo o que foi implantado em você em qualquer vida.

Dinheiro

A barra de dinheiro é toda a consideração que você tem sobre o dinheiro … tê-lo, não tê-lo, querer, não querer, estar disposto a tê-lo, não estar disposto a tê-lo e cada ponto de vista que você já tomou sobre o dinheiro.

controle

A barra de controle é tudo o que achamos que vamos obter do controle e todo o controle que exercemos para tentar fazer as coisas acontecerem de uma certa maneira. São todos os pensamentos, idéias, crenças, considerações, atitudes ou emoções que armazenamos em qualquer vida para podermos controlar o que ocorre em nossas vidas.

Criatividade

A barra Criatividade é todos os elementos que você tem sobre o que significa criar … todas as fontes de matéria, energia, espaço e tempo que você usa para tentar criar coisas.

Criando conexões e criando formas de vida

Estas duas barras são todos os pontos de vista que você tem sobre o assunto, espaço de energia e tempo necessário para criar. Quanto tempo leva para criar uma conexão, quanto você precisa fazer? Quanta matéria e energia você teria que contribuir para criar uma conexão ou uma forma de vida?

A fim de criar a forma de vida de um corpo requer que você faça sexualidade, requer que você faça copulação, requer que você faça um monte de coisas e estas são todas matéria, energia, espaço e tempo necessárias para criar uma forma de vida.

Também é a mesma coisa com um livro. Digitar cria uma certa quantidade de matéria, o tempo é uma parte do que é necessário para criar um livro e, muitas vezes, não achamos que podemos fazer essas coisas com facilidade ou rapidez. É a mesma coisa com uma música ou qualquer outra coisa.

Esperanças e sonhos

Hopes and Dreams Bar é onde você acha que, se você esperar o suficiente e sonhar bastante, as coisas vão acontecer. Então você armazena todos os pontos de vista que você tem sobre suas esperanças e sonhos, que nunca chegam a ser concretizados, que você imagina que possam se concretizar, e se você tiver sorte o suficiente, eles acabarão se concretizando.

Forma e Estrutura

A Forma e a Barra de Estrutura tem a ver com coisas que achamos importantes nesta realidade. É a estrutura pela qual você constrói sua realidade com base no passado. Liberar a energia nesta barra libera toda a forma e estrutura que você criou em torno de qualquer coisa.

Consciência

A barra de consciência tem a ver com todos os lugares onde você julgou sua consciência e descobriu que faltava ou decidiu que estava faltando quando na verdade não estava. Quando a barra de consciência é executada, elimina todos os lugares onde você decidiu que não pode estar ciente e começa a abrir as portas para uma maior consciência.

Tristeza e Alegria

As barras Tristeza e Alegria são todas as considerações que você tem sobre o que é certo ou errado sobre ser triste ou o que é certo ou errado sobre ser alegre. Principalmente é o que é certo sobre estar triste e o que há de errado em ser alegre, porque a alegria nem sempre é considerada uma atividade apropriada aqui. As pessoas sempre dizem: “O que há de errado com você?” Quando você está triste e quando está alegre eles dizem: “Que droga você está usando?” Porque eles supõem que deve haver algo errado em ser alegre.

Cura

The Healing Bar é todas as considerações sobre o que significa ser um curador, o que significa não ser um curador e todos os pontos de vista que você tem sobre o corpo se curando ou não. Também inclui as partes de sua capacidade de curar a terra que você nega e recusa o máximo possível.

Bondade

A Barra da Bondade lida com todos os pontos de vista que você tem sobre se alguém está realmente sendo gentil ou se está tentando criar uma obrigação. Se alguém lhe der um presente, isso é feito com bondade ou feito por obrigação? Este bar também lida com considerações sobre quando você pensou que alguém fez uma gentileza e eles criaram uma obrigação em seu lugar.

Gratidão

A Barra de Gratidão lida com os julgamentos sobre o que você aplicou erroneamente como amor e a barra de gratidão começa a eliminar todos os lugares em que você identificou erroneamente e aplicou mal a gratidão em favor do amor ou algum outro ponto de vista errado sobre o que é gratidão.

Paz e calma

Paz e calma é algo raro de encontrar no planeta Terra e é algo que você raramente permite estar em sua existência. Paz e calma é algo que você precisa ser capaz de eliminar sua sobrecarga de adrenalina que você funciona sem parar. Administrar o Peace and Calm Bar começa a liberar e eliminar todas as coisas que não permitem que você seja e tenha paz e calma em sua existência.

Comunicação

A Barra de Comunicação é sobre todos os lugares onde você decidiu que a comunicação é apenas verbal e não através de técnicas de consciência e não verbais.

Tempo Espaço

Time & Space Bar tem a ver com todos os lugares em que você acha que o tempo e o espaço estão conectados e devem necessariamente ser amarrados juntos, o que elimina a capacidade de ter energia, espaço e consciência que geram sua vida e coloca você no conceito de matéria, energia, espaço e tempo para criar controle.

Torradeira de Envelhecimento

The Ageing Toaster Bar é sobre todas as considerações que você tem sobre o que significa envelhecer, morrer e ter seu corpo desmoronar e tudo isso. Ele contém todos os pensamentos, idéias, crenças, considerações, atitudes e emoções que você formou em toda a vida sobre o que isso significa.

Corpo e Sexualidade

As Barras do Corpo e da Sexualidade têm a ver com os pensamentos, idéias, considerações sobre crenças, atitudes e emoções que você armazenou em qualquer vida sobre o seu corpo ou sobre a sexualidade. Todo julgamento que você tem sobre seu corpo ou sua sexualidade é armazenado lá.

Ponte

Bridging Bar – A barra da ponte ,preenche ou atravessa todas as considerações que têm a ver com corpo, sexualidade e envelhecimento. Se você tem o ponto de vista de que você envelhece e seu corpo diminui, essa é uma consideração de ligação.

Reativação e Recreação

As Barras de Reativação e Recreação são os pontos de vista que você tem que realmente fazem com que algo volte a existir depois de terem sido retirados do corpo quando você fez um trabalho corporal, algum tipo de processo ou teve um acesso Sessão de Barras da Consciência. Por esse motivo, eles são uma das últimas barras executadas em uma Sessão de Barras de Consciência de Acesso.

Reestruturação

A barra de reestruturação é sobre reestruturar seu corpo para o novo lugar em que está, de modo que não volte ao antigo modo de funcionamento. A execução da Barra de Reestruturação elimina todos os pontos de vista que permitiriam que seu corpo e consciência voltassem à sua forma e consciência antigas.

Círculo de Manifestação

A Barra do Círculo de Manifestação é sobre como você altera as coisas de modo que o que aparece em sua vida é algo maior, não algo menor. A Barra do Círculo de Manifestação ativa o lugar onde você pode permitir que as coisas apareçam em sua vida. Manifestação é “como” aparece, não “isso” aparece. Aí reside a porta para que você não tenha a consideração do que você acha que deve vir como ou como deve se manifestar.

Túneis do Tempo e do Espaço

Os Túneis do Tempo e do Espaço têm a ver com a abertura das portas para o que acessa todo o tempo e todo o espaço simultaneamente. Quando você abre os túneis do tempo e do espaço, está se abrindo para a capacidade de ir a qualquer momento ou a qualquer espaço, o que lhe dá acesso a todas as vidas, incluindo o futuro.

Coroa de Mystar

A Coroa de Mystar tem a ver com entrar nos mistérios do universo. É sobre abrir tudo o que você decidiu que é um mistério no universo que você não pode conhecer.



Livros sobre Access consciousness:

EMDR e o Procedimento 9 Gamut na terapia e Mudança de Crenças

EMDR foi desenvolvido pela primeira vez pela psicóloga Francine Shapiro, Ph.D., do Instituto de Pesquisa Mental, em Palo Alto, Califórnia. O uso psicoterapêutico do EMDR evoluiu no final dos anos 80, depois que o Dr. Shapiro foi dar um passeio no parque. Foi durante essa caminhada que a Dra. Shapiro descobriu que não conseguia manter seu foco em imagens / lembranças dolorosas enquanto caminhava ou quando examinava os olhos de um lado para o outro enquanto observava pedras ao longo do caminho. Mais tarde, ela descobriu que mover propositalmente os olhos rapidamente de um lado para outro por um breve período, mantendo a atenção para uma experiência -traumática direcionada, produz um alívio dramático do afeto doloroso associado à memória. Além disso, provoca uma mudança nas crenças negativas associadas ao evento.

Quando recebemos informações sensoriais ou experimentamos um evento durante o dia, ele passa por um filtro emocional (amígdala) na metade direita do cérebro. Se não houver nada emocionalmente carregado, a informação passa por outra estrutura (hipocampo) que processa a informação e permite que ela passe para o hemisfério esquerdo. Essa experiência é então armazenada normalmente na memória.

No entanto, quando a informação sensorial recebida é emocionalmente carregada (por exemplo, traumática), ela fica presa no sistema nervoso central (SNC) no hemisfério direito do cérebro. Não é processada no tempo e no espaço, portanto, quando ocorrem lembretes, a memória presa é acionada e parece que está acontecendo no presente. Isso explica flashbacks, pensamentos intrusivos e pesadelos tão familiares para aqueles que têm Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT).

Em outras palavras, quando ocorre um evento traumático ou muito negativo, fortes sentimentos negativos ou dissociação podem interferir no processamento do evento. Por exemplo, anos após o evento, um sobrevivente de estupro pode “saber” que os estupradores são responsáveis por seus crimes, mas essa informação não se relaciona com o sentimento de que ela é a culpada pelo ataque. A memória ficou armazenada de maneira disfuncional, com muitos aspectos ainda não processados. Não são apenas os principais eventos traumáticos que podem causar distúrbios psicológicos, pois, às vezes, um evento relativamente pequeno da infância, como ser provocado pelos colegas ou menosprezado pelos pais, pode não ser adequadamente processado.

EMDR pode ajudar a aliviar os sintomas de PTSD, processando os aspectos das memórias angustiantes. Acredita-se que o processamento da informação ocorra quando a memória alvo está vinculada a outras informações mais adaptativas. O processo de EMDR (e qualquer tipo de estimulação bilateral do cérebro) permite que o aprendizado ocorra e, em seguida, a experiência / evento é armazenada com emoções apropriadas, capazes de orientar adequadamente a pessoa no futuro.

Movimentos oculares (ou outros estímulos bilaterais) são usados durante uma parte da sessão de EMDR. Depois que o clínico determina qual memória deve mirar primeiro, ele pede ao cliente para manter diferentes aspectos do evento ou pensamento em mente e usar os olhos para rastrear a mão do terapeuta enquanto ele se move para frente e para trás no campo de visão do cliente. Quando isso acontece, por razões que um pesquisador de Harvard acredita estarem relacionadas aos mecanismos biológicos envolvidos no sono do Movimento Rápido dos Olhos (REM), surgem associações internas e o cliente começa a processar a memória e sentimentos perturbadores. O evento é frequentemente lembrado como uma série de “cenas” e processado um de cada vez.

Como o sono REM reproduz uma parte

A similaridade entre o sono REM, o EMDR e o procedimento 9 Gamut também é algo a ser reconhecido.

Durante o sono REM, nossos olhos flutuam para frente e para trás rapidamente (soam familiares?) Sob as pálpebras fechadas, nossa respiração é um pouco mais curta e mais irregular, nosso batimento cardíaco se acelera e nossa pressão arterial aumenta. É quando estamos no sono REM que estamos sonhando. A razão pela qual o sono REM é importante é que é quando as áreas de aprendizagem e memória de nossos cérebros são estimuladas. É teorizado por alguns que quando sonhamos durante o sono REM, os sonhos são o resultado de nossos cérebros tentando segregar, analisar e arquivar os dados que absorvemos durante o dia (semelhante a como um cliente processa um evento com EFT ) . Também se pensa que nossos cérebros revisitam certas memórias de infância (a “escrita em nossas paredes”, como diria Gary Craig) para usá-las como uma espécie de ponto de referência para facilitar esse processo de arquivamento. Também é teorizado que essa atividade de “arquivamento” abre espaço para novos dados e ajuda a melhorar nossas memórias gerais. Essencialmente, sonhar nos ajuda a processar os eventos de nossos dias e armazená-los na memória … mais semelhante aos efeitos do EMDR e do aspecto de estimulação bilateral do Procedimento do 9 Gamut Point!

Mais sobre Estimulação Cerebral Bilateral

Finalmente, também é importante notar que a “estimulação cerebral bilateral” dentro do EMDR não se restringe apenas aos movimentos oculares. A estimulação bilateral é conseguida através de movimentos rápidos dos olhos através do campo de visão, tons auditivos ou cliques através de fones de ouvido, ou estimulação tátil de lados alternados do corpo.

Obviamente, a estimulação cerebral bilateral, seja usada em EFT ou EMDR, tem o potencial de auxiliar o cérebro no processamento de emoções armazenadas relacionadas a eventos traumáticos, tanto grandes quanto pequenos.

Seja em uma sessão de EFT bem-sucedida ou em terapia de EMDR, o significado de eventos dolorosos é significativamente transformado em um nível emocional. Por exemplo, um veterano de guerra muda de sentir horror e choque para manter a firme crença: “Eu sobrevivi e sou forte.” Ao contrário da terapia da fala, os insights que os clientes ganham resultam não tanto da influência do terapeuta, mas do próprio cliente processos intelectuais e emocionais. O resultado final é que os clientes se sentem fortalecidos pelas próprias experiências que uma vez os assombraram. Suas feridas não apenas fecharam, elas se curaram e se transformaram. Dadas as semelhanças entre as duas técnicas, parece que a estimulação bilateral do cérebro é a chave para processar eventos traumáticos e nos libertar!

Carol Prentice


Faça uma tentativa antes de rejeitar a técnica. Essa é uma das melhores coisas desta abordagem terapêutica, ela é auto aplicável, você não precisa contar os seus segredos a ninguém se não quiser, apenas aceitá-los e lidar com eles no processo.

À medida que eu me desperto, desperto você. Eu te desejo paz sobre todas as coisas.

 O Kali Maluhia no me oe.