Emoções que afetam parte superior, média e inferior das costas #Metafísica

Em cerca de 85 por cento dos pacientes com dor nas costas, nenhuma causa clara é identificada. Para diagnosticar a dor nas costas, uma série de tecnologias de imagem agora são regularmente empregadas mas ainda é muito difícil descobrir porque alguém está tendo dores crônicas nas costas. Com bastante frequência, os exames de imagem revelam anormalidades da coluna, como espondilolistese e hérnia de disco, e é tentador atribuir imediatamente dor nas costas a essas anormalidades. Mas tenha em mente que essas condições são frequentemente encontradas em pessoas que não apresentam nenhum sintoma de dor nas costas . Essas anormalidades podem não ter absolutamente nada a ver com a dor que você sente.

No antigo sistema de chakras que é seguido em muitas modalidades de cura, como acupuntura, acupressão, cura prânica e muitas outras terapias alternativas, todos os principais centros de energia (chakras) estão na espinha. Também de acordo com os ensinamentos antigos, nossa espinha é altamente significativa em nosso avanço espiritual. A Kundalini (Chi / energia secreta) reside como energia potencial na base da coluna e os grandes meditadores avançados são capazes de elevar essa energia através dos chakras para explorar / experienciar o despertar.

Sua espinha é composta de 33 vértebras empilhadas como blocos de construção inter camadas com discos de absorção de choque, nada menos que 641 músculos das costas e milhões de fibras nervosas permitem que você fique em pé e permita que você torça, dobre e permaneça imóvel. É um milagre que tomamos como garantido.

O que você está prestes a ler não é substituir tratamento médico. É para abrir a sua mentalidade para a possível conexão emocional que pode estar causando ou ampliando sua dor nas costas. A Coluna vertebral é o suporte não apenas de nossas cargas físicas, mas também das emocionais. Nossa espinha é nosso sistema de apoio e representa o suporte de vida e problemas com as costas geralmente significam que sentimos que não estamos sendo apoiados.

Coluna Cervical (C1 a C7) – pescoço

A Parte Superior das Costas tem a ver com a falta de apoio emocional; Sentindo que pessoas importantes em sua vida não o compreendem nem o apoiam. Você pode sentir-se mal amado, carente, abandonado ou pode estar retendo seu amor de alguém. Dor nas costas também pode significar que você sente que alguém está sempre de costas.

Ao mudar a crença de que você é responsável pela felicidade de outras pessoas, ela pode aliviar a dor na parte superior das costas e no pescoço. Quando você entende isso, estende esse entendimento ao outro, ou seja, o outro tão pouco é responsável pela sua felicidade, e você não deve depender da reação do outro pra se apoiar e ser quem é.

Quando você faz algo porque sente que tem que fazer para o outro para ser amado ou aceito está calculando uma reação esperada do outro a partir da sua ação. Você está dando todo o seu poder ao outro. É a reação dele que te importa mais do que você mesmo, e é a reação calculada e esperada dele que decide/define a sua ação, sua escolha, sua forma de ser e agir, assim o seu poder está dependente do outro sobre quem você não tem nenhum poder! Como você vai conseguir se estender, se colocar de pé em igualdade assim?

Quando você acredita que tem que fazer porque o bem estar e a felicidade e bem estar do outro depende disso, você está se sobrecarregando com um peso que não tem poder de carregar porque não te pertence. Entenda o fazer aqui como sendo sem o querer fazer, quando você precisa colocar muito esforço, quando tem um senso de obrigação que ultrapassa todos os seus limites saudáveis, quando é preciso abrir mão de si em prol disso. Entenda essa dinâmica como relação entre adultos não dependentes e que mesmo com crianças cujo você tenha responsabilidade, que dependem de você existe um limite, você dá o seu melhor e fica bem com isso porque é o seu melhor, ao mesmo tempo que está ensinando elas a respeitarem seus próprios limites o das outras pessoas e a ficarem do seu próprio lado quando atingirem esse limite e não puderem fazer mais, mesmo que gostariam de fazer, mesmo que lhes seja esperado mais. Alimentar culpa e ressentimento por julgar que o seu melhor agora não é bom o bastante destrói o seu apoio na vida.

  • Calcificações na cervical estão relacionadas a comportamento rígido, inflexível.
  • Hiperlordose Cervical evidenciam uma tristeza e dificuldade de acreditar na própria felicidade e/ ou uma pessoa que para não mostrar seu medo e necessidade do outro levanta o nariz.
  • A retificação da lordose anatômica cervical (perda da curvatura anatômica) relacionam-se a um excesso de exigência sobre si mesmo e perfeccionismo, uma pessoa que é inflexível com ela mesma principalmente a area a que se refere a parte superior das costas. Não aceita que não faz mais. Não fica do seu lado, não dá a si mesmo o apoio que espera dos outros.
  • Escoliose Cervical geralmente relaciona-se com uma tristeza do passado, a pessoa murcha em sua alegria e poder pessoal e a cabeça pende para um dos lados.

Coluna Torácica (T1 a T12) – tronco

Dor no meio das costas indicam dificuldade de posicionamento principalmente no que concerne suas emoções, essa região guarda o coração símbolo das emoções humanas:

Emocionalmente falando, a dor no meio das costas vem de se sentir culpado por “coisas” do passado inclusive posicionamentos. Talvez você tenha medo de explorar seu passado? Talvez você esteja escondendo o que está lá atrás? Você se sente esfaqueado pelas costas? Você se vê querendo gritar: “Saia das minhas costas!”. Se vê querendo, mas não faz, não se posiciona porque lá no passado quando o fez isso gerou algum problema que você considerou maior, e digno de culpar-se por. A pessoa não expõe o que sente mas se vê triste por não ser compreendida, atendida ou reconhecida. A pessoa não experiência as emoções de forma equilibrada de modo que ela as retém e as ressente ao invés de expressa-las e de ser apenas passagem para elas.

Vale pensar no que você colocou atrás do seu coração, o que você não quer ver, não admite que sente nem para si mesmo?

A fim de mover-se livremente para o seu futuro, você precisa liberar a raiva e a culpa do passado e abraçar seu presente e futuro com amor e leveza em seu coração. Sinta as emoções e deixe-as ir, não as retenha ou elas vão reter-te.

  • Calcificações na Dorsal estão relacionadas a tristezas profundas.
  • Hipercifose ( acentuação da cifose) evidenciam um esconder-se do Mundo, um encolher-se diante dos fatos que não sabemos como administrar.
  • Casos de retificação (perda da curvatura anatômica) relacionam-se de modo geral a um excesso de exigência sobre si mesmo.
    • As pessoas “retas”, retificadas nesta região, sofrem muito com a necessidade de ostentar o que não são. Elas entendem que sua sobrevivência e segurança dependem dessa ostentação.(consciente ou inconscientemente)
    • Casos de retificação que se relacionam mais ao perfeccionismo ocorrem em geral nas pessoas que foram muito cobradas e que acabaram se cobrando muito, especialmente a perfeição.
  • A Escoliose (curvatura lateral) da Região Dorsal em muitos casos relaciona-se ao “encurvar-se” diante de fatos que “não sei como”, ou “não posso mudar”, ou “sou forçado a aceitar”.
  • Hipercifóticos em geral são tristes e assumiram que a vida é triste mesmo, e nada se pode fazer para mudar.

A Metafísica da Dor no ombro e parte superior das costas: Seu coração está aberto?

PARTE INFERIOR DAS COSTAS

Coluna Lombar (L1 a L5 região da cintura) está relacionada ao “ter” na vida.

Dor Lombar  (sacral lombar e cóccix): Os tempos financeiros difíceis de hoje, são as suas finanças em uma bagunça? Você se preocupa com elas excessivamente? A falta de dinheiro, medo de não ter o suficiente, ou medo de perda material pode ser a causa de sua parte inferior das costas incomodando você. A quantidade de dinheiro que você tem não tem nada a ver com isso. É o medo da falta de apoio financeiro, o medo de sua própria sobrevivência que amplifica a dor e o excesso de cobrança, interna e externa.

Problemas na lombar relacionam-se em geral a insegurança, perdas, ou medo de perdas, ou de não conquistar, tanto no aspecto material, quanto emocional. A pessoa sente-se imobilizada gerando mais escassez.

  • A Hiperlordose Lombar, muitas vezes relaciona-se aos aspectos acima referidos, e em alguns casos relaciona-se à repressão sexual.
  • A Retificação Lombar pode ocorrer pelos motivos citados acima, pelo excesso de exigência de si mesmo e pelo perfeccionismo assim como na dorsal.
  • A Escoliose Lombar pode relacionar-se à rejeição intra-uterina, por patologia congênita óssea, o que às vezes também acontece na sétima cervical.

Eliminar a culpa paralisante, limpar o seu passado da raiva e transformar o seu medo em poder pessoal irá ajudá-lo a obter controle, bem-estar e encontrar a paz de espírito que você pode desejar em sua vida.

  • Se você deseja prevenir a dor lombar, a medida mais importante que você pode tomar é alongar e fortalecer os músculos centrais por meio de exercícios regulares. Yoga e Pilates são ideais para isso. O exercício aeróbico é útil porque fortalece o sistema cardiovascular, aumentando a circulação para os tecidos das costas. Esteja atento à sua postura: evite curvar-se, o que coloca uma grande tensão nas suas costas.

A Região Sacral está relacionada à sexualidade e a articular as mudanças necessárias

Problemas na Região Sacral relacionam-se a conflitos relacionados a sexualidade, sobretudo traumas e repressão e /ou a resistência de enfrentar algo que precisa ser mudado, protelar para tomar a decisão necessária. É como “se sentar nessa situação ”, em vez de se levantar e sair dela.

Nos casos de meninas que são esperadas meninos, é muito comum encontrarmos uma materialização sobre o sacro e dores na região. Estas mulheres, em geral, apresentam dificuldade nos relacionamentos íntimos, dificuldade de engravidar, cólicas menstruais, suscetibilidades a problemas no aparelho reprodutor (útero, ovários, seios etc.) frigidez. Homens com esse tipo de conflito materializam menos sobre o sacro, mas também manifestam problemas com a sexualidade, tanto com os relacionamentos, como no que diz respeito à suscetibilidade a problemas no aparelho reprodutor, inclusive em muitos casos sendo estéreis.

Não são apenas os problemas de coluna, mas todas as Articulações relacionam-se à nossa capacidade de nos “Articular” na Vida que é essencial para o nosso êxito tanto no trabalho, quanto nas relações e consiste na Flexibilidade e Maleabilidade, no jogo de cintura que precisamos ter para não desrespeitarmos os outros e nem a nós mesmos no processo da vida. Gerenciar as nossas emoções propicia comportamentos mais adequados e benéficos para nós mesmos.

Cura Prânica, EFT, Reiki, PNL, acupuntura e outras terapias alternativas se mostraram eficazes, mas é responsável utiliza-las de modo complementar, ou seja não troque o médico pelo terapeuta, utilize o conhecimento dos dois. Não adianta apenas olhar para a emoção e não corrigir a postura, não parar de fumar, não alongar etc, tanto quanto não adianta fazer todas essas coisas e não olhar para o seu psicológico e emocional. TIRE O “OU” DA SUA VIDA nessas questões. Use o que está disponível pra você, o holístico é um olhar integral, não é trocar a medicina por esoterismo, é considerar tudo e com um olhar individual porque cada ser é único.

Observe cuidadosamente o estresse, a depressão e a ansiedade, mochilas pesadas, postura inadequada, o não praticar exercícios, o excesso de peso, o tabagismo (se você fuma, pare – fumar literalmente priva seus discos vertebrais de oxigênio e nutrição) dieta pouco saudável , certos medicamentos e riscos do trabalho. Finalmente, encontre maneiras de relaxar se você estiver estressado, porque a tensão sozinha pode criar dor nas costas.

As emoções negativas produzem alterações metabólicas, alteração nos nossos hormônios e neurotransmissores. Isto é algo que devemos ter muito claro: Estados caracterizados pela angústia, medo, desapontamento, desânimo, significam desequilíbrio químico. Uma irregularidade entre a serotonina e a noradrenalina causa, por exemplo, um aumento na percepção da dor enquanto estresse ou ansiedade se traduzem em um maior nível de cortisol no sangue e aumento do ritmo cardíaco.  Quando acontece um “aceleramento” geral, há tensão muscular. Ou seja, músculos rígidos que alteram o equilíbrio dos nervos e dos ligamentos. 

A dor nas costas é um sintoma, então tratá-la em um nível físico é apenas uma solução de curto prazo. Entender e trabalhar a causa pode ajuda-lo a mudar hábitos, gerenciar suas emoções e ter uma vida melhor.

É importante ter a dor nas costas verificada por um médico.



HO´OPONOPONO
E KAHUNA REIKI

Aprenda a Cirurgia Espiritual Fortíssima do Kahuna. Para Quem Deseja limpar muitas das Suas Recordações Negativas e Destrutivas em Sua Vida, Traz para Seu Interior Muita Paz, Fé e Todo o Amor que Você Precisa.

Mãos de Luz

Aprenda as mais Variadas Técnicas de Mãos de Luz dos Essênios com Mantras Cristãos 

Reiki I e II

Conheça, Aprenda e Domine o uso e aplicação prática dos Símbolos do Sistema do Reiki Tradicional de Mikao Usui e o Sistema de Inspiração Tibetana dos Mantras de Poder. Essa Formação te proporciona conhecer com profundidade e colher os inúmeros benefícios de aplicar as poderosas técnicas de imposição de mãos em si mesmo ou em outras pessoas. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s